IMG-20190813-WA0023

Por Márcio Maia

Há cinco anos (13 de agosto de 2014), os principais órgãos de Imprensa do País correram atrás de uma informação bombástica. O ex-governador Eduardo Campos (PSB), então candidato à Presidência da República, poderia estar em um avião que havia caído antes de aterrissar no aeroporto de Santos, em São Paulo. Depois de algum tempo, houve a confirmação.

É importante relembrar que na noite anterior, Eduardo havia sido entrevistado por William Bonner, durante o Jornal Nacional, da Rede Globo, e a repercussão havia sido extraordinária, demonstrando estar preparado para assumir o novo cargo. Suas palavras, seus pensamentos e seus objetivos como o principal gestor do País, haviam atingido um nível altíssimo, como fora avaliado por diversos especialistas políticos e empresariais, que demonstraram deslumbramento com a performance do considerado jovem político, ainda desconhecido da maioria da opinião pública nacional.

Sua frase “Não vamos desistir do Brasil”, com a qual encerrou sua participação no noticiário, está marcada até hoje, como um verdadeiro caminho a ser trilhado pelos que pernambucanos conheciam sua atuação como deputado estadual e federal, secretário de Estado e governador de Pernambuco por dois mandatos.

Eduardo Campos será lembrado por muito tempo, como um dos maiores líderes políticos de nosso Estado. Carismático, competente, eficiente e aglutinador. Em sua segunda campanha para o Governo do Estado, reuniu nada menos de 21 partidos políticos para compor a Frente Popular de Pernambuco, alcançando naquele pleito o maior percentual de votos da história.

Conseguiu reunir o pragmatismo de Agamenon Magalhães, a astúcia política de Marco Maciel e a visão popular do avô Miguel Arraes.

Com ele vivo, com absoluta certeza, nosso País estaria em melhor situação, com mais desenvolvimento e, principalmente, com melhor distribuição de renda não só entre as pessoas mas também entre as regiões.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar