O local vem tendo seu nome reservado para evitar mais abandono de animais na área

16 04 GATOS

Postado por Marcos Lima Mochila

 

A vereadora Goretti Queiroz acompanhou, na manhã da segunda-feira (15), o caso da morte de mais de 19 animais envenenados em um bairro do Recife. A chacina aconteceu no nesse final de semana. Essa não é a primeira vez que ocorre morte de gatos por envenenamento na capital pernambucana.

Após a visita, a vereadora informou que irá articular uma reunião com os moradores e comerciantes da área para viabilizar meios para tentar encontrar uma solução para o abandono dos animais no local. Goretti também informou que vai colocar um sistema de monitoramento de segurança com câmeras e rondas de motos para o local. “Essa solicitação foi feita pelos moradores à Prefeitura do Recife há alguns anos. Eles pedem que sejam instaladas câmeras para filmar as pessoas que estão abandonando os animais naquele espaço, porém, como nada foi feito, até o momento, eu me disponibilizei a doar o sistema de segurança com recursos próprios para tentar coibir o abandono na praça”, disse.

Goretti fez questão de enfatizar como será realizada a ação. “Estou fazendo como ativista animal, que sou há mais de 10 anos, e não como vereadora. Sempre faço questão de dizer que não sou vereadora, eu estou vereadora do Recife, mas sou ativista desde que nasci. É a minha missão”, reforçou.

A parlamentar aproveitou seu espaço no Plenário da Câmara, na própria segunda-feira (15), para lembrar aos vereadores da casa sobre a Audiência Pública que realizou, na última semana, cobrando providências nos casos de maus tratos aos animais. Na ocasião, estiveram presentes órgãos ligados à causa como a Delegacia de Polícia do Meio Ambiente (Depoma), Cipoma, Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Corpo de Bombeiros, CPRH, Secretária do Direito de Defesa Animal (SEDA-PE) e Prefeitura do Recife.

Goretti lembrou que, após a visita feita ao local onde os gatos foram assassinados, encaminhou um ofício para a prefeitura cobrando a manutenção dos equipamentos que foram danificados na área, como também solicitou a sua equipe de comunicação prioridade nas campanhas de conscientização, com placas educativas, informando à população que cometer maus tratos é crime. Eventos de adoção para os animais da área e mutirões de castração nas comunidades ao redor do bairro também estão na pauta.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar