Nesta edição, o programa vai embarcar um total de 75 alunos da rede estadual para o país. Governador Paulo Câmara acompanhou o embarque de 23 deles

PC GANHE O MUNDO 2

Postado por Marcos Lima Mochila

 

“Nunca imaginei que teria essa oportunidade. Meu sonho, desde pequeno, sempre foi fazer intercâmbio, e hoje esse sonho se tornou possível”. Foi assim, com um misto de emoção e ansiedade, que o jovem Janaelson Barros, de 16 anos, expressou sua gratidão por ser um dos contemplados da edição 2019.1 do Programa Ganhe o Mundo. O estudante de Cupira, município do Agreste Central, embarcou na tarde desta terça-feira (12.02) para Hobart, na Austrália, juntamente com outros 22 alunos da rede pública estadual de ensino. Além desse grupo, outros 52 jovens devem viajar nos próximos dias para o mesmo país de língua inglesa.

Como de costume, o governador Paulo Câmara fez questão de acompanhar de perto esse momento de emoção para os alunos e seus familiares. “Quando a gente planeja cada nova edição do Ganhe o Mundo, a gente pensa nas muitas experiências que os nossos alunos vão viver e poder compartilhar. Esse grupo, que está embarcando para a Austrália tem um passaporte para vivenciar uma nova cultura, conhecer outra realidade. Tem um passaporte para transformar as suas vidas, para realizar os seus sonhos. Acreditamos e apostamos nisso”, destacou Paulo, acompanhado da vice-governadora Luciana Santos.

PC GANHE O MUNDO 4O embarque de hoje contemplou alunos da Região Metropolitana do Recife, Zona da Mata, Agreste e Sertão do Estado. Na Austrália, os intercambistas vão cursar a modalidade High School em escolas públicas e privadas. Além da oportunidade de estudar em outro país, o programa de intercâmbio do Governo de Pernambuco oferece aos estudantes seguro saúde internacional, acomodação em casa de família (host famíly) com todas as refeições garantidas e uma bolsa mensal no valor de R$ 719.

“A gente está iniciando uma sequência de três embarques para a Austrália, que contemplará 75 estudantes. Depois a gente vai ter na sequência os embarques para a Nova Zelândia e, já no finalzinho do mês ou no início de março, faremos embarques para países da América do Sul: Argentina, Chile e Colômbia. Então, teremos um ciclo bem movimentado”, explicou o secretário estadual de Educação e Esportes, Fred Amâncio.

Assim como Janaelson, Larissa Sousa, de 17 anos, também se emocionou ao descrever a importância do intercâmbio para o seu desenvolvimento pessoal e profissional. “É uma oportunidade que não tem como definir em palavras. Não é todo estudante do Nordeste e do Interior que consegue sair do país e ter essa experiência de cinco, seis meses fora. Então é um orgulho para a região”, pontuou. “Acho que o governo faz muito bem em investir nos jovens, porque a gente vai trazer novas experiências de outro país, que podem transformar Pernambuco em um lugar melhor”, completou Larissa, aluna da Escola de Aplicação de Petrolina, no Sertão do São Francisco.

Fotos: Heudes Régis/SEI

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar