Diferença entre candidatos do PSL e do PT caiu de dezesseis para doze pontos; Rejeição de Haddad oscila negativamente para 52%, mas ainda é a mais alta
Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) (Miguel Schincariol/Daniel Ramalho/AFP)
Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) (Miguel Schincariol/Daniel Ramalho/AFP)
Por Guilherme Venaglia 

 

Nova pesquisa do instituto Datafolha, divulgada na noite desta quinta-feira 25, mostra a redução da diferença entre os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Em relação à semana passada, Bolsonaro caiu três pontos, de 59% para 56% e Haddad subiu, de 41% para 44%. A distância entre os dois agora é de doze pontos.

Nos votos totais, Bolsonaro oscilou negativamente de 50% para 48%, enquanto Haddad cresceu, de 35% para 38%. Brancos e nulos são 8% e indecisos são 6%. Segundo o Datafolha, 22% dos eleitores cogitam mudar de ideia até o dia da eleição.

A rejeição ao candidato do PT também oscilou negativamente dentro da margem de erro, de 54% para 52%, mas ainda é a mais alta. A de Bolsonaro subiu para além da margem, passando de 41% para 44%.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar