FERNANDO DE NORONHA 1

Por Márcio Maia

 

O Porto de Santo Antônio, localizado no Arquipélago de Fernando de Noronha, um dos mais importantes destinos turísticos de Pernambuco, vai sofrer ampla reforma. A Administração de Fernando de Noronha fez a assinatura da FERNANDO DE NORONHAOrdem de Serviço para a reforma, no próprio porto, pelo Administrador Geral da Ilha, Guilherme Rocha. A empresa vencedora foi a Jatobeton Engenharia, que atendeu aos requisitos do Chamamento Público lançado no dia 31 de agosto. O prazo de execução da obra é de cinco meses. O valor estimado é de R$ 5,6 milhões, com recurso próprios da Administração.

A obra contempla a execução dos serviços de recuperação, requalificação e reforço do cais de atracação/comercial, terminal de passageiros e elementos de apoio, como o flutuante, rampa de passageiros e a passarela de acesso, que compõem o Porto Santo Antônio. Para isso, foram desenvolvidos os projetos de arquitetura, estruturais e elétricos com objetivo de atender tecnicamente a segurança das instalações atuais do Porto.

A área de atuação dos serviços contemplados nos projetos encontra-se atualmente em operação precária. As intervenções visam o melhoramento das estruturas físicas, de forma que não ocorra a paralisação das atividades totais do Porto, consequentemente o desabastecimento da ilha.

Durante o período de execução da obra serão feitas interdições e a readequação do embarque e desembarque de passageiros e de embarcações que chegam com mantimentos para Noronha.

O Porto de Santo Antônio é a principal porta de entrada para o abastecimento do arquipélago. Muito movimentado também durante todos os dias da semana, por conta dos passeios turísticos de barco, especialmente no período das festividades de final de ano, onde o fluxo aumenta consideravelmente.

Guilherme Rocha, administrador de Fernando de Noronha, informou que após a publicação da Ordem de Serviço no Diário Oficial da União, a empresa terá um prazo de 15 dias para iniciar a obra, com expectativa de conclusão em cinco meses. “O Porto de Santo Antônio recebe 98% do abastecimento da ilha. Diante da situação precária na infraestrutura, conforme a avaliação de vários técnicos de engenharia, a gente decidiu abrir um diálogo com o Tribunal de Contas e fazer uma contratação direta, emergencial, de forma mais rápida, por conta da diante do estado atual do Porto de Santo Antônio”.

Aguinaldo Paraíso, representante da empresa Jatobeton, responsável pela reforma, falou que a requalificação do porto é de extrema importância tanto para a chegada de mantimentos para a ilha, quanto para o turismo, que é a principal fonte de renda para os moradores do arquipélago. “A operação de carga e descarga está prejudicada, como também o embarque e o desembarque dos turistas. O Terminal de passageiros terá toda uma infraestrutura nova, ampliada e com mais conforto. No terminal de carga vamos fazer a recuperação da estrutura existente e também a ampliação e o reforço da capacidade de carga. Para a realização da obra, teremos que conviver com os efeitos da natureza, porque já está entrando no período do swell (mar revolto). Mas vamos trabalhar com essa situação tomando os devidos cuidados com operação diária de carga e descarga”.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar