IMG-20180914-WA0082

O ministro Dias Toffoli celebrou sua posse como presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) numa festa para mais de 1.000 pessoas, na noite desta 5ª feira (13/9), em Brasília.

O encontro teve momentos de descontração, como quando o ministro Alexandre de Moraes subiu ao palco e deu de presente a Toffoli uma camiseta do Palmeiras, time pelo qual torce o presidente da Corte, assinada pelos jogadores da equipe.

IMG-20180914-WA0086

“Sou corintiano, mas mesmo assim eu fiz o sacrifício de pedir ao presidente do Palmeiras para que ele me mandasse uma camisa do Palmeiras autografada por todo o time para entregar para o Toffoli (…) É triste de segurar isso, mas está aqui como uma homenagem minha e toda a turma de 90 para você”, disse Alexandre de Moraes ao microfone, no momento da entrega da camiseta palmeirense a Toffoli.

Moraes, 49 anos, estudou na turma de 1990, a mesma turma de Toffoli, 50 anos, na Faculdade de Direito da USP, no Largo de São Francisco. “É triste que tenha sido hoje, depois de ontem e da situação do Palmeiras”, brincou Moraes. No dia anterior, o Palmeiras perdeu de 1 a 0 para o Cruzeiro, numa partida válida pela Copa do Brasil.

“Puxa, o Alexandre foi me dar logo uma camisa branca do Palmeiras?”, ironizou depois Toffoli ao sair do palco, insinuando que o amigo torcedor do Corinthians quis fazer uma homenagem pela metade.

IMG-20180914-WA0083

Luiz Fux, que agora é vice-presidente do STF, também subiu ao palco e fez um breve discurso saudando Toffoli. Juntos, os três ministros brincaram sobre os times uns dos outros. O time do coração de Fux é o Fluminense.

Segundo Moraes, o show dos cantores Leo Jaime e Leoni, que animaram a festa, foi oferecido a Toffoli pelos funcionários de seu gabinete.

IMG-20180914-WA0084

Na festa, realizada num local de eventos de Brasília, o Hípica Hall, por três entidades de juízes: AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros), Ajufe (Associação dos Juízes Federais) e Anamatra (Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho), estiveram presentes o ministro do STF Luís Roberto Barroso; o candidato a presidente Henrique Meirelles (MDB);o senador José Serra (PSDB-SP); o ex-presidente do STF Nelson Jobim; o ex-procurador-geral da República Roberto Gurgel; o presidente da Ajufe Fernando Mendes; o diretor da Faculdade de Direito da USP, Floriano Peixoto; os advogados Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay; José Luis Oliveira Lima, o Juca; Beto Ferreira Martins Vasconcelos (que foi chefe do Gabinete Pessoal de Dilma Rousseff); Pierpaolo Bottini e o advogado e empresário Joaquim Pereira de Paulo Neto, que foi levar seu abraço ao novo presidente do STF.

IMG-20180914-WA0085

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar