IMG-20180906-WA0024

Sempre que a Revista TOTAL informa que irá anunciar os nomes dos prováveis vencedores das eleições, o mundo político e empresarial fica em suspense. Todos elogiam a ousadia da TOTAL em fazer tais previsões, sempre exaltando a competência da equipe que tem acertado mais de 95 por cento de seus prognósticos.

Um dos primeiros políticos a admirar, reconhecer e elogiar publicamente a equipe de Marcelo Mesquita pelo trabalho foi o ex-governador Eduardo Campos, que sempre se mostrou surpreso com a precisão dos levantamentos feitos para identificação dos prováveis ganhadores dos pleitos majoritários e proporcionais em Pernambuco.

COMENTÁRIOS – Esta semana, muitas personalidades comentaram as listas dos deputados estaduais e federais que anunciamos como prováveis vencedores, bem como o anúncio do crescimento do candidato a governador, Paulo Câmara, inclusive prevendo uma diferença em torno de 10%, que bateu no mesmo percentual informado pelo Ibope, horas depois. Uma delas foi o empresário e líder sindical, Alex Costa, presidente do Sindileite, que disse estar surpreso com a antecedência com que o trabalho está sendo feito, faltando tanto tempo para o pleito. “Essa equipe liderada por Marcelo Mesquita é muito ousada”, afirmou.

O prefeito de Vitória de Santo Antão, Aglaílson Junior (PSB), reconheceu a competência da equipe da TOTAL que faz o levantamento, sob a coordenação de Mesquita. “Esse método usado pela TOTAL é realmente impressionante, pois eles conseguem captar de forma precisa as intenções dos eleitores, de forma diferente dos institutos de pesquisa de opinião pública”.

Para o advogado Arnaldo Desmondes, que tem intensa atuação em Araripina, sua cidade natal, e em Jaboatão dos Guararapes, onde tem sua atividade profissional, o trabalho da TOTAL é digno dos maiores elogios. “Conheço muita gente que fica admirada com a precisão com que os prognósticos da Revista são feitos”.

A admiração pelo trabalho de previsão também é elogiado pelo prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), que adiantou ter ficado surpreso quando a Revista publicou a notícia de que ele seria o vencedor do pleito em sua cidade, nas eleições de 2016. “Na ocasião, conversei com meus amigos mais próximos e procurei saber como o trabalho havia sido feito e fiquei impressionado”.

Outro político que se manifestou sobre as previsões eleitorais feitas pela TOTAL foi a prefeita Madalena Brito (PSB), de Arcoverde. Ela disse que os responsáveis pela publicação têm muita coragem, pois enquanto os institutos de pesquisa são contestados em todas as eleições, a Revista mostra muita competência e acerta a maioria dos nomes. “É um trabalho de muito fôlego e merecedor de elogios”.

“A Revista TOTAL vem realizando um trabalho excepcional no levantamento dos apoios que os candidatos estão recebendo durante as campanhas eleitorais. A competência e a seriedade que praticam são responsáveis pelo percentual superior a 90 por cento que vem alcançando nos últimos dez anos. É um trabalho de fôlego e que merece os elogios de políticos e profissionais da área. É o verdadeiro desempenho da Futurologia”. A afirmação foi feita pelo cientista político, pesquisador e professor da Universidade Federal de Pernambuco ((UFPE), Clóvis Miyachi.

O professor Miyachi elogiou o trabalho realizado pela equipe coordenada pelo empresário Marcelo Mesquita. “Essa previsão, como tantas outras, em situações semelhantes, chamou a atenção de muita gente, inclusive cientistas e analistas políticos. No caso das previsões sobre os resultados da eleição suplementar de Belo Jardim, por exemplo, foi feito o anúncio quinze dias antes do pleito, apontando o candidato Hélio dos Terrenos (PTB) como vencedor. Em outras pesquisas o referido candidato não era reconhecido como favorito. A TOTAL realiza um tipo de pesquisa do que é feito pelos institutos de pesquisa de opinião pública. É um levantamento muito bem feito e elaborado por pessoas competentes, muito experientes e com muita seriedade”, afirmou o professor.

Miyachi adiantou que esse tipo de trabalho vem sendo bastante difundido na Inglaterra, onde também tem sido aprovado pelos observadores. O professor disse ter informações de que essas pesquisas são usadas com frequência por apostadores profissionais que usam os resultados para respaldo de seus jogos na famosa Bolsa de Apostas de Londres.IMG-20180906-WA0023

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar