IMG-20180830-WA0220

Em entevista à Rádio Folha, nesta quinta-feira (30), a candidata ao Senado Adriana Rocha (Rede) defendeu o corte de regalias para senadores e a fixação de um mandato para o ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Na visão da advogada e Conselheira Federal da OAB, só o essencial deve ser concedido aos parlamentares da Casa Alta.

“Assumo um compromisso público em relação ao fim das regalias, como o carro oficial e diminuição em verbas de gabinete, além dos cortes de cargos comissionados em todos os setores do Brasil. Também não se justifica um mandato de oito anos para senadores”, argumentou.

Em relação aos ministros do STF, Adriana criticou a falta de um limite de tempo para a ocupação do cargo e as indicações de cunho meramente político para a função.

“Sou professora de Direito Constitucional e luto há anos para que se tenha um mandato para os ministros do STF. Não podemos manter a condição de acessibilidade prevista em uma carta de 1891, ano da primeira Constituição republicana. É preciso gerar essa mudança e fazer valer o notável saber jurídico, porque o que vigora no Brasil atualmente é o conceito de ‘notável padrinho político’, responsável pelas indicações em diversos tribunais do País”, destacou Adriana.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar