IMG-20180824-WA0253

TRE promove reunião para garantir campanha eleitoral tranquila 

 

IMG-20180826-WA0003

Para garantir uma campanha eleitoral segura e tranquila nas ruas, o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) vai convocar candidatos, advogados de partidos/coligações, representantes partidários e coordenadores de campanha para uma reunião na próxima terça-feira (28/8), às 9h, na sala de sessões do Pleno do TRE-PE, na Avenida Agamenon Magalhães, 1.160, Graças, Recife, às 9h.

A reunião será conduzida pelo desembargador Stênio Neiva, coordenador da Comissão de Desembargadores Auxiliares (CDAUX), e pelo procurador regional eleitoral, Francisco Machado Teixeira. A CDAUX é responsável por analisar e julgar questões relacionadas à propaganda eleitoral em todo o Estado.

Os juízes da Comissão de Propaganda do Recife, designados para exercer o poder de polícia sobre a propaganda eleitoral na capital pernambucana, também estarão presentes.

De acordo com o Artigo 331 do Código Eleitoral (Lei 4737/65) constitui crime “inutilizar, alterar ou perturbar meio de propaganda devidamente empregado”. A pena vai de detenção por até seis meses ou pagamento de 90 a 120 dias-multa. Já de acordo com o Artigo 332 da mesma lei, também é crime impedir o exercício de propaganda. Neste último caso, a pena é de detenção por até seis meses e pagamento de 30 a 60 dias-multa.

Violência contra a mulher

IMG-20180825-WA0278

Praticamente todas as candidaturas estão com enorme dificuldade de dizer algo sobre como reduzir os mais de 60 mil estupros registrados no país no ano passado e/ou as 220 mil ocorrências de violência doméstica. Alguns candidatos, inclusive, nem abordaram o tema em suas respostas.

No fundo, houve pouco avanço no desenho de soluções, por mais que algumas ideias propostas sejam positivas.

É fato que a violência é um fenômeno que aflige a todos e a todas nós, mas enquanto as autoridades públicas e os candidatos a cargos eletivos não contemplarem as especificidades e vulnerabilidades raciais, de gênero ou de geração no desenho e na implementação de suas propostas e planos de ação, pouco avançaremos na construção da cidadania e de uma agenda que consiga vencer o medo e os discursos salvacionistas.

Falar de violência contra a mulher não é pauta feminista apenas. É pauta que deveria interessar a qualquer país que se pretende, para usar uma expressão dos tempos atuais, decente e digno de ser chamado enquanto tal.

Precisamos reduzir a violência e, para isso, vale lembrar o que disse recentemente o Coronel da Reserva da Polícia Nacional Colombiana e do Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos, Luis Novoa, presente no evento do FBSP: “O crime precisa ser enfrentado com vigor e legitimidade. E, para tanto, não podemos combatê-lo cometendo outros crimes ou abusos; não podemos combatê-lo ignorando ou silenciando as vítimas da violência”.

Grupo prega convergência de interesses para recuperar país

IMG-20180825-WA0280

O vazio deixado pela política e o desinteresse da sociedade motivaram um grupo de empresários e representantes da sociedade civil a discutir formas de estimular o brasileiro a participar da tomada de decisões do país. Na próxima segunda-feira (27), ocorre em São Paulo um encontro que vai debater alternativas para dar protagonismo à população em um período tão importante como o das eleições de outubro.

O evento Você Muda o Brasil será dividido em três painéis, dos quais vão participar os empresários e executivos Luiza Helena Trajano (presidente do conselho de administração do Magazine Luiza), Betania Tanure (sócia-fundadora da Betania Tanure Associados), Pedro Passos (cofundador da Natura), Paulo Kakinoff (presidente da Gol Linhas Aéreas), Pedro Wongtschowski (presidente do conselho de administração da Ultrapar), Rubens Menin (presidente do conselho de administração da MRV) e Walter Schalka (presidente da Suzano Papel e Celulose).

Também fazem parte da programação de debates Fabio Barbosa (presidente do Centro de Liderança Pública e do Instituto Empreender Endeavor), Jair Ribeiro (presidente do Parceiros da Educação), Mario Sergio Cortella (professor, escritor e filósofo), Mayana Zatz (geneticista), Silvio Meira (professor, fundador e presidente do conselho de administração do Porto Digital), Priscilla Cruz da Fonseca (presidente do Todos Pela Educação) – representantes da sociedade civil, da academia e ONGs ligadas à educação.

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) encerrará o evento. As discussões, que acontecerão durante toda a manhã, terão três eixos: A urgência do futuro, Educação e ética para a transformação do país e Sociedade civil protagonista do desenvolvimento.

IMG-20180825-WA0283

O “suplente” presidencial/ Com Lula preso, Fernando Haddad (PT) e Manuela D’Ávila (PCdoB) combinaram de percorrer o país juntos em campanha, como se a chapa fosse formada pelos dois. Assim, diante de uma campanha curta e com a perspectiva de a Justiça logo ali na frente impugnar a candidatura do ex-presidente, já estará consolidada a parceria. Conforme a coluna divulgou há mais de um mês, os petistas já contam com uma derrota no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas ainda acreditam na possibilidade de o ex-presidente conseguir a candidatura por liminar do Supremo Tribunal Federal, a depender de quem for o relator.

No caso de Lula conseguir uma liminar, Haddad renunciará a vice e Manuela assumirá. Na hipótese de Lula ser impugnado, Haddad passa à cabeça de chapa e Manuela, à vaga de vice. Na prática, Haddad está na chapa para substituir Lula e a vice é Manuela. Como o PT não queria abrir mão da cabeça de chapa de modo algum, Lula inventou a suplência da candidatura presidencial.

Numerologia/Os candidatos do PSL ao Senado estão meio constrangidos por causa dos três números da candidatura. Ninguém quer ser o 171, popularmente conhecido como o número dos estelionatários.

Mulheres na campanha/Depois do impeachment de Dilma, muitos diziam que as mulheres não teriam mais chances numa eleição presidencial. Porém, há duas candidatas, Marina Silva (Rede) e Vera Lúcia (PSTU). E cinco vices: Ana Amélia Lemos, de Geraldo Alckmin (PSDB); Kátia Abreu, de Ciro Gomes (PDT); Sônia Guajajara, de Guilherme Boulos (PSol); Suelene Balduíno, de Cabo Daciolo (Patriotas). A quinta é Manuela D’Ávila, que será incluída na chapa petista mais à frente.

(Do Blog de Denise Rothenburg, do Correio Braziliense, Brasília-DF)

NOTAS ESPORTIVAS

A hora é agora!

IMG-20180825-WA0284

A diretoria do Náutico abriu os portões do seu estádio e milhares de torcedores foram acompanhar as atividades nos Aflitos, pela primeira vez aberto ao público, desde que se iniciaram as reformas para a volta dos seus jogos para a sua casa.

Já na chegada do ônibus que trouxe os atletas os torcedores fizeram questão de demonstrar o carinho e a confiança em uma reviravolta no domingo. Após a derrota por 3×1 para o time paulista, o Timbu precisa ganhar por, no mínimo, dois gols de diferença para levar a decisão para as penalidades.

“É emocionante ver a nossa casa cheia mais uma vez. Esse calor da torcida é fundamental para as muitas conquistas que ainda virão. Força, foco e fé, estes são os principais ingredientes para uma equipe vitoriosa. Parabéns à torcida do Náutico. Parabéns a todos os responsáveis pela grande conquista do ano, que foi a união de todos em prol do clube e pelo profissionalismo e austeridade com que a diretoria conduziu o clube”, exaltou Ubirajara Tavares, diretor geral da Universo, ex-dirigente e atual conselheiro do clube.

Transmissão

A CBF já agendou os links das transmissões para as decisões de Náutico e Santa Cruz na Série C: Náutico x Bragantino: https://t.co/EzL5AbJFY2 e Operário-PR x Santa Cruz: https://t.co/xAqOjRdT0E https://t.co/m6ajEwabIe.

Sport orienta pais de atletas em formação

IMG-20180825-WA0282

Com a linha de responsabilidade social atrelada ao título de Clube Formador, reconhecido e renovado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o Leão vem preparando suas categorias de base depois de transição quadra-campo e também para o início de uma nova carreira dentro do futebol. E, para isso, o Sport também conta com a ajuda dos pais, uma vez que as crianças passam mais tempo no convívio familiar do que dentro do próprio Clube.

Para isso, os representantes de todos os departamentos especializados nas categorias de base se reuniram junto com os pais/responsáveis e os 51 atletas (27 do sub-13 e 24 do sub-12) na Sede do Clube para explicar como funciona cada setor, além de esclarecer as dúvidas e orientar a caminhada dos jovens atletas.

“Esse é um trabalho que realizamos há muito tempo. Um atleta dessa idade, que passa mais tempo com a família do que com o Sport, carece de cuidados, atenções e acompanhamentos maiores. E devido à importância dos familiares nesse contexto buscamos integrá-los na formação esportiva de seus filhos”, explicou o gestor das categorias de base do Leão, Genivaldo Cerqueira.

“A finalidade deste encontro que propomos é passar para os pais as responsabilidades e deveres na preparação dos atletas em questão disciplinares, técnicas e táticas. Esclarecer aos pais quem faz o Clube e mostrar que temos uma estrutura muito forte. O sub-12 e sub-13 são sementes da nossa formação, então nada mais justo do que começar por eles, tendo em vista que a filosofia da base é não apenas formar atletas, mas também cidadãos”, disse o fisioterapeuta Cláudio Britto.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar