IMG-20180816-WA0043O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse não descartar um apoio entre seu partido, o PSDB, e o PT caso o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, chegue ao segundo turno. O capitão da reserva lidera as pesquisas de intenção de voto no cenário sem o ex-presidente Lula.

“Espero que o PSDB vá para o segundo turno e acho que o PT espera a mesma coisa, mas dependendo das circunstâncias, eu não teria nenhuma objeção a isso”, disse FHC em entrevista à rádio Jovem Pan.

O tucano afirmou ainda nunca ter fechado portas para nenhum tipo de relacionamento com partidos e que não vê com bons olhos a polarização PT-PSDB, que considerou um caso antigo.

“Eu acho bom mesmo é ter mais abertura, discutir, variar. Democracia é assim, eu não sou favorável a um estado de beligerância permanente”.

Sobre o registro da candidatura do ex-presidente Lula, Fernando Henrique foi enfático ao dizer que ele está inelegível pela lei e que o PT sabe disso.

“O PT sabe que o resultado vai ser o que a lei manda. É inelegível, não tem jeito”, conclui.

Yahoo notícias

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar