IMG-20180811-WA0116

De acordo com nota publicada pelo Radar, da Veja, o desembargador Gebran Neto admitiu a amigos que ignorou a letra fria da lei ao dar decisão contrária à soltura de Lula, desconsiderando a competência do juiz de plantão. Gebran alegou que era a única saída para evitar um “erro” ainda mais danoso: libertar o ex-presidente.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar