IMG-20180731-WA0064

Em Santa Filomena, não bastou o ex-prefeito Gildevan Melo deixar de fazer parte da linha de apoio ao sucessor do saudoso governador Eduardo Campos, outro grupo influente na política de Santa Filomena, Wagner Mororó e aliados também informaram que foram forçados a sair contra a reeleição de Paulo Câmara (PSB), diante da desarticulação política dele no município.

Para ambos os grupos (Melo e Mororó), Paulo Câmara não cumpriu as principais promessas de campanha e programa de governo, quando não fez a pavimentação da PE 630, PE 615, entre outras ações necessárias para o desenvolvimento de Santa Filomena, como construção de poços artesianos, abastecimento de água através do IPA, além do atual cenário que chamaram de “calamidade na saúde e segurança públicas do Estado”.

Pelo menos três pré-candidatos já garantiram que irão concorrer ao governo de Pernambuco este ano, entre eles, Paulo Câmara que pretende ser reeleito, mas a coisa não anda muito boa para ele, pois Marília Arraes, que é neta do ex-governador Miguel Arraes e prima do ex-governador Eduardo Campos, aparece emparada com o Governador nas pesquisas de intenções de voto, com sinais de crescimento quando for lançada na mídia, através da propaganda eleitoral gratuita no rádio e tv. Armando Monteiro também aparece em terceiro lugar, com estimativa de crescimento, ao contrário de Paulo Câmara, que segundo as pesquisas, pode cair, diante da crítica rejeição de mais 70% dos pernambucanos ao seu governo.

 

Fonte Notícias Charles Araujo

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar