IMG-20180725-WA0156

Apesar das bravatas e das propostas mirabolantes do seu candidato, o PSL é a legenda mais fiel ao ilegítimo Michel Temer nas votações da Câmara dos Deputado em 2018. Os parlamentares do partido, incluindo Jair Bolsonaro, seguiram o governo golpista em quase 70% das votações.
O levantamento do Jornal do Brasil (JB) aponta que o comportamento do PSL contrasta com as críticas que Bolsonaro faz ao atual governo. O MDB, partido do ilegítimo, fica em segundo lugar no quesito fidelidade, seguido pelo PSDB do pré-candidato Geraldo Alckmin.

Os números da fidelidade são: PSL – 67,73%; MDB 64,34%; PSDB 63,05%. Os demais partidos com candidaturas à presidência aparecem com menos de 30%. O PDT de Ciro Gomes, por exemplo, acompanhou o governo em apenas 23% das votações, enquanto a Rede, de Marina Silva, em 18,4%, e o PT, em 5,27%

Fonte blog do Esmael.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar