IMG-20180615-WA0088

A pavimentação das estradas que ligam os distritos do município de Araripina e perfuração de poços para a ampliação da oferta de água no município foram autorizadas pelo Governo do Estado, beneficiando milhares de moradores da região do Araripe. As estradas vão ligar os distritos de Socorro e Nascente, numa extensão de 25 km e o de Lagoa do Barro à BR 316. Os processos licitatórios foram assinados pelo governador Paulo Câmara (PSB).
Durante o evento, Paulo Câmara disse que vai continuar fazendo parcerias com as Prefeituras Municipais, como a de Araripina. ““Vou continuar trabalhando com nossa força de trabalho, com nosso esforço, fazendo as parcerias com os municípios para trazer melhoria aos nossos municípios. O Brasil está crescendo, Pernambuco está crescendo e nossas rodovias estão precisando, cada vez mais, de manutenção, de conservas, além de outras estradas. A gente tem muita dificuldade, mas estamos conseguindo tirar do papel muita coisa importante. Estamos fazendo com que as coisas aconteçam, seja com inauguração da hemodiálise no Hospital de Araripina, seja buscando trazer os títulos de posse para quem atua na agricultura familiar, trazendo ações que possam construir cisternas, poços, fazer pequenas barragens, sistemas simplificados e melhorar a vida e o ambiente do homem e da mulher do campo””.
PROJETOS – A elaboração do projeto para implantação e pavimentação da ligação rodoviária entre Socorro e Nascente, a partir do entroncamento com a rodovia PE-630 (Socorro) até o entroncamento com a rodovia PE-615 (Nascente), contempla uma extensão aproximada de 25 Km. O valor para a construção da via é de R$ 1 milhão, beneficiando cerca de 45 mil habitantes. Atendendo a um antigo pleito da população, a via fomentará o desenvolvimento de um novo polo de desenvolvimento no Estado, considerando a exploração das minas de gesso, o atendimento ao parque eólico em instalação, potencializando a captação de investimentos em energia solar ao se aproximar das linhas de transmissão existentes, e facilitando também a transformação das terras férteis da regido em um novo centro de produtos agrícolas e pecuários.
Já a rodovia vicinal de Araripina, com extensão de 7,5 km, terá seu início no entroncamento da Rodovia Federal BR-316 em Araripina, até o distrito de Lagoa do Barro. Nesta intervenção, serão investidos R$ 3,2 milhões, proporcionando melhores condições de trafegabilidade, segurança e conforto para os usuários, além do acesso e escoamento da produção local, agropecuária e hortifrutigranjeira, fomentando o crescimento socioeconômico da região.
ÁGUA – O projeto contempla a perfuração de três poços com profundidade de 200 metros no Povoado do Cavaco, além da implantação de estação elevatória e 6 km de sistema adutor para fornecimento de 15 litros por segundo de águas subterrâneas, ampliando a oferta de água potável à população em 20 por cento. A obra tem um valor estimado de R$ 1,4 milhão, com prazo de execução de oito meses, a partir da ordem de serviço.
TÍTULOS – Na oportunidade, também foram entregues 203 títulos de domínio para agricultores da Zona Rural. Com os títulos em mãos, as famílias de agricultores têm a segurança jurídica e social como elementos fundamentais para sua liberdade, dignidade e consequente bem-estar social com o resgate de sua cidadania. Além disso, as famílias vão poder ter acesso a diversas políticas públicas rurais, o que vai possibilitar o desenvolvimento da produção.
O secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Wellington Batista, disse que esses títulos de propriedade das terras são fundamentais para os agricultores. ““Essa ação proporciona às famílias o acesso ao crédito dez vezes mais do que quando se não tem a titularidade. Então, isso vai permitir que eles possam fazer um investimento maior, tanto para a produção quanto para a melhoria da sua propriedade e, consequentemente, da sua qualidade de vida””.
HOSPITAL – Ainda no em Araripina, Paulo visitou o Centro de Nefrologia que está funcionando, desde março, no Hospital Santa Maria. O novo equipamento foi possível a partir de assinatura de convênio com o Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES). A SES também deu todo o apoio para que o hospital conseguisse a habilitação de funcionamento junto ao Ministério da Saúde (SES). O Centro de Nefrologia tem capacidade para atender cerca de 150 pacientes por mês. Por ano, o Governo do Estado investirá cerca de R$ 5 milhões para manter o serviço funcionando. Além da hemodiálise, um ambulatório, também referenciado, faz o acompanhamento de rotina desse público, ofertando consultas com nefrologistas, que também são responsáveis por solicitar os exames necessários para acompanhamento desses pacientes.
Esse Centro de Hemodiálise é uma conquista para o povo de Araripina e toda a região. Quem convive com paciente de hemodiálise sabe o quanto é difícil o sofrimento e a vida desses pacientes. Então, a qualificação da hemodiálise no Hospital Santa Maria é um ganho enorme para a região”, comemorou o secretário de Saúde, Iran Costa.
Participaram dos atos os deputados federais Tadeu Alencar, Kaio Maniçoba e Gonzaga Patriota, os deputados estaduais Rodrigo Novaes, Lucas Ramos e Roberta Arraes, o secretário-executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto, Antônio Ferraz, gestor do 6° Distrito Rodoviário, representando o secretário de Transportes, Antonio Junior; Aldo Santos, diretor de articulação do meio ambiente, representando o presidente da Compesa, Roberto Tavares, e André Negromonte, presidente do ITERPE.

Fotos: Aluisio Moreira/SEI

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar