IMG-20180530-WA0278

A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (ADAGRO), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária anuncia aos criadores que a primeira etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa será prorrogada até o dia 15 de junho para a compra da vacina e até o dia 30 do mesmo mês para declarar o rebanho.

O motivo da prorrogação visa atender às centenas de criadores que não tiveram condições de concluir o processo de comprovação da vacinação por conta da greve dos caminhoneiros. Muitos informaram que fizeram as vacinações das reses mas não conseguiram encaminhar a documentação por falta de combustível ou de ônibus para a ADAGRO.

O Estado de Pernambuco e vários municípios decretaram Estado de Emergência devido ao desabastecimento de combustível. Com a paralisação dos caminhoneiros se prolongando, a distribuição de vacinas foi afetada e muitas localidades estão sem o produto para revender. O deslocamento dos produtores até os escritórios da ADAGRO também foi afetado, sendo mais prudente prorrogar o prazo para que nenhum produtor seja penalizado.

Até o momento, cerca de 50% do rebanho já foi declarado nos escritórios da Agência e cerca de 59 mil produtores ainda devem imunizar seus animais contra a doença. A Regional de Petrolina apresenta a menor cobertura vacinal 30%, já a Regional de Sertânia imunizou 67% do plantel.

O prazo estabelecido anteriormente, terminaria no dia 31 de maio, com a prorrogação o produtor tem mais 15 dias para realizar a vacinação e declarar o rebanho.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar