IMG-20180530-WA0277

Os moradores de Itapissuma e de Itamaracá e turistas estão comemorando a conclusão das obras de recuperação da Ponte Getúlio Vargas, conhecida como Ponte de Itamaracá, localizada na PE-035, que liga os dois municípios. Com a conclusão dos serviços, a circulação de veículos e pedestres foi totalmente liberada. A iniciativa realizada pelo Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Transportes, contou com investimento de R$ 2,9 milhões, recursos próprios.

A recuperação do equipamento foi autorizada pelo governador Paulo Câmara durante sua passagem pelo Litoral Norte, em agosto de 2017. Após a assinatura da ordem de serviço, as ações foram iniciadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), sem interferir no tráfego da ponte. As intervenções incluíram a recuperação das áreas de passeio e dos guarda-corpos, contemplando também a instalação de 16 novos postes de iluminação e a pintura de toda sua estrutura.

A ponte de Itamaracá, que foi construída há 70 anos sobre o Canal de Santa Cruz, possui 380 metros de extensão por 9,7 de largura. É o único acesso viário que liga a Ilha de Itamaracá ao continente, num trecho da rodovia PE-035, por onde circula diariamente, um fluxo  aproximado de 5 mil veículos, número que aumenta em 30% nos dias mais movimentados durante os feriados prolongados, datas festivas e nos períodos de férias escolares.

A iniciativa já está beneficiando diretamente mais de 51 mil moradores dos dois municípios, além de turistas e veranistas, que gostam de aproveitar as delícias da ilha nos finais de semana.

A ação está garantindo o ir e vir das pessoas com mais tranquilidade, conforto e segurança, resultando em uma melhoria na qualidade de vida da população, beneficiando também o setor de serviços, o mais representativo da economia local, com destaque para o turismo, uma vez que a Ilha de Itamaracá é um dos principais destinos do Litoral Norte pernambucano, que atrai milhares de turistas e veranistas do Brasil e do mundo, que buscam os atrativos da natureza e de lazer, principalmente no verão.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar