IMG-20180430-WA0107

O navio Skandi Recife, produzido pelo Estaleiro Vard Promar, no Complexo Industrial e Portuário de Suape, avaliado em R$ 1 bilhão, foi lançado ao mar. A embarcação, que contou com 1.100 colaboradores na produção do equipamento, dentre os quais centenas de pernambucanos, irá operar em águas brasileiras quando entregue à DOFCOM Navegação, nos próximos meses. Com um alto valor agregado de tecnologia, atingindo padrões internacionais, o Skandi Recife é o primeiro do tipo PLSV (Pipe Laying Support Vessel) produzido no Estaleiro Vard Promar.

IMG-20180430-WA0097

O governador Paulo Câmara (PSB) participou do lançamento e falou sobre a importância da conclusão dos trabalhos.“Eu tive a oportunidade de ver esse estaleiro nascer aqui em Pernambuco e iniciar essa história do Vard Promar, que, hoje, entrega um navio de alta tecnologia feito em solo pernambucano e por pernambucanos. Sei da importância dessa indústria naval para Pernambuco, como ela atrai empregos, com ela faz diferença na vida de tanta gente. E a gente sabe que a mão de obra que se dedica, todo dia, a fazer e construir os navios para o grupo Vard Promar é composta por pernambucanos que estudaram e se capacitaram e, hoje, estão prontos e preparados para um futuro cada vez mais competitivo e fazendo navios que atingiram um padrão internacional”.

Paulo também registrou que, mesmo diante da crise e das dificuldades por que passa o País, o Governo de Pernambuco está lutando, junto com todos que fazem o Estaleiro Vard Promar e os outros estaleiros instalados em Pernambuco, pela consolidação do Polo Naval. “Vamos trabalhar para que as encomendas continuem, para que a nossa produção foque no conteúdo local e que essa mão de obra preparada aqui de Pernambuco continue a ser referência para todo o Brasil. Dessa forma, tenho certeza de que vamos ter êxitos para que o Vard Promar continue a sua trajetória de fazer navios de alta qualidade com produtividade”.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, André Gustavo, avaliou o momento como de alegria e orgulho. “É a consolidação de um investimento que é feito aqui, da parceria do setor público com o setor privado, dos empregos que foram criados em função desse esforço feito no passado. Então, é muito importante. É de dar orgulho poder ver tantos trabalhadores capacitados para trabalhar nesse processo e a geração de renda para a economia”.

Para o presidente do Porto de Suape, Marcos Baptista, a embarcação se destaca, sobretudo, pela sofisticada tecnologia de que ela dispõe. “É um navio que tem um valor bem maior porque tem mais tecnologia, oferecendo uma maior sofisticação”.

O vice-presidente sênior de operações do Vard Promar, Ian Bronsten, pontuou que, mesmo com o setor naval ainda incipiente no Brasil, os trabalhadores do estaleiro entregaram um produto de alta qualidade. “Foi um excelente trabalho realizado. A construção naval no Brasil ainda é desafiadora, mas o Vard Promar trabalhará para encontrar novos trabalhos”.

Reforçando o que afirmou Ian Brosten, o vice-presidente sênior da empresa no Brasil, Guilherme Coelho, também exaltou a qualidade do Skandi Recife, ressaltando a complexidade da embarcação. “Entregamos o navio mais complexo e de maior valor agregado produzido no Brasil. Não há um outro lugar no País que possa produzir um navio como esse”.

PETROLEIRO – Com um porte médio de 140 metros de comprimento e 28 de largura, o Skandi Recife faz o lançamento das linhas flexíveis que conectam os poços às linhas de produção de petróleo. Responsável pela encomenda da embarcação, a DOFCOM Navegação é a união de duas empresas – DOF e TechnipFMC – e tem como cliente final a Petrobras.

Fotos: Aluisio Moreira/SE

IMG-20180430-WA0108IMG-20180430-WA0105IMG-20180430-WA0103IMG-20180430-WA0098

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar