IMG-20180410-WA0004

Secretaria de Turismo promove balanço das ações do Prodetur no Estado

Programa viabilizou mais de 50 obras, capacitações e projetos em Pernambuco. Por meio da parceria com o Estado, foram investidos R$ 127 milhões em ações para o turismo

 

No ano passado, aconteceu um recorde de movimentação turística em Pernambuco. Os mais de 5,6 milhões de turistas que chegaram a Pernambuco em 2017, foram atraídos também pelo fortalecimento da estruturação do turismo. Além das ações turísticas, em prol do lazer e dos esportes, o Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer, investiu na infraestrutura dos destinos do Estado. Através do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), por meio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), foram realizadas mais de 50 obras, capacitações e projetos. Por meio desta parceria, foram investidos em ações para o turismo de Pernambuco nos três últimos anos, cerca de R$ 127 milhões. Os dados foram apresentados pelo secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras, durante o lançamento do livro  Prodetur e Pernambuco: Exemplo de uma parceria de sucesso.

Durante a solenidade, no novo módulo do museu Cais do Sertão, foram destacados os diversos projetos executados pelo programa. Entre 2015 e 2018, mais de 60% do Prodetur foi executado. O percentual representa um aumento de mais de 20% do total executado entre 2010 e 2014. A partir de 2015, ações emblemáticas começaram a sair do campo dos projetos. Foram executadas a construção do módulo dois do Cais do Sertão, o Boulevard da Avenida Rio Branco e o Eixo Estruturador Cicloviário, no Recife.e o teleférico de Bonito a Enoteca de Lagoa Grande,

Em Fernando de Noronha, foram atendidos dois pedidos antigos do trade turístico local, sendo eles a requalificação de 18 ruas e da usina de compostagem, que contribuiu para uma melhora significativa no tratamento do lixo do arquipélago.  No litoral, foram recuperados os fortes Orange, em Itamaracá, e Santo Inácio, em Tamandaré. Em Igarassu, a Casa do Artesão e o Museu da Cidade também foram equipamentos contemplados. Agora, os serviços estão sendo finalizados no Mercado Eufrásio Barbosa, em Olinda. Até o encerramento do programa, em junho de 2018, 54 obras terão sido entregues à população.

O secretário de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras, disse que os investimentos foram fundamentais. “Os sete anos de atuação do Prodetur Nacional no Estado marcaram um período de desempenho ímpar no turismo local. Pela primeira vez na história, Pernambuco é destaque internacional entre os estados do Brasil no respeito aos prazos e entregas das obras previstas pelo Programa. O reconhecimento do BID é um impulso firme para a continuação dos investimentos do Governo em infraestrutura turística”.

CAIS DO SERTÃO – O novo módulo do Cais do Sertão, no Recife Antigo, está na fase de acabamento, com instalações elétricas e hidráulicas sendo implantadas. O projeto prevê a construção de um edifício com auditório, salas para exposições temporárias, restaurante, café e espaços de ambientação e convivência. Com a finalização das obras, até o fim deste mês de abril, o equipamento se transformará em um Centro Cultural. O investimento total na construção do Módulo II é de R$ 25,4 milhões, com de recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar