IMG-20171220-WA0104

Colocado como pré-candidato à sucessão do presidente Michel Temer pelo PSC, o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, cumpre agenda no Recife nesta quinta-feira (21)com o deputado estadual André Ferreira. A visita, neste caso, representa o primeiro grande passo do parlamentar para consolidação de sua candidatura ao Senado, no ano que vem.

Pela manhã, Paulo Rabello participará de um seminário promovido pelo LIDE-PE, sobre a econômica brasileira. Gestor do maior banco de fomento da América Latina, que assumiu no início de junho, ele também visitará a sede da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). Em seguida, participa de um almoço em um restaurante da Zona Sul.

Economista e advogado, com doutorado em Economia na Universidade de Chicago, Rabello de Castro, ao assumir o cargo, afirmou que o Brasil “está mais para psicanálise do que para análise econômica”.

“O desafio de assumir o BNDES é realmente um abacaxi. Mas um abacaxi que a gente vai descascar, porque é um banco grandioso, que tem uma contribuição enorme para a história econômica recente do Brasil. Hoje ele sofre de uma perda de identidade, de entusiasmo, para além dos problemas de ter destinado recursos para a JBS ou para Odebrecht, que até bem pouco tempo eram as maiores e melhores empresas do Brasil”, afirmou o economista ao assumir o banco, prometendo colocar o “BNDES nos 220 volts”.

Filiação
Em 18 de novembro, Paulo Rabello de Castro se filou ao PSC, durante um evento em Salvador. Na ocasião, foi aclamado pelos militantes como pré-candidato do partido à Presidência da República. Dono de posições fortes, ao discursar no ato, ele afirmou que “está chegando ao fim o domínio “das elites endinheiradas do Brasil”. “O povo quer transformação. Quando a elite coloca as cartas na mesa, elas são de corrupção”, pontou.

No entanto, ele não informou ao presidente Michel Temer do ato e por pouco não foi demitido do cargo. Aliados do peemedebistas cobraram o afastamento do presidente do BNDES por ele ter “queimado a largada”.

Aos 68 anos, Paulo Rabello de Castro sempre teve proximidade com a política. Se dizendo “avesso a tró-ló-ló”, ele foi o mentor econômico do PFL. Passou pelo Partido Novo até se filiar ao PSC. No Estado também se reunião com o presidente estadual da sigla, o deputado estadual e pré-candidato ao Senado André Ferreira.

Ex-presidente do Lide Economia, Paulo Rebello coordenou até junho de 2016 o Movimento Brasil Eficiente. Em julho de 2016, assumiu a presidência do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), onde ficou até ser nomeado presidente do BNDES em junho de 2017.

Blog da Folha

1 Comentário

  1. Olá,

    O Prime Gestão é um sistema online para Gestão do seu negócio. Gerencie seus processos de vendas, compras, faturamento, financeiro e produção da sua empresa e acesse todos os dados online e de qualquer lugar utilizando um computador,notebook, tablet ou smartphone.

    Você pode acessar nosso sistema de qualquer lugar do mundo! Você só precisa de uma conexão com a Internet e um computador, notebook, tablet, dispositivo móvel ou um smartphone.

    Conheça mais, acesse : http://www.primegestaoerp.com.br/

    Não tem interesse nesta oferta:
    sairdalista.site?u=http://&c=04df481d2f8cD8BD03F2

Deixe seu comentário para milton@primesoltec.com.br

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar