IMG-20171205-WA0022

O Parque e Zoológico de Dois Irmãos terá sua área triplicada e terá sua atuação ampliada e modernizada. O governador Paulo Câmara (PSB) assinou, em solenidade no Palácio do Campo das Princesas, as escrituras de desapropriação e regularização de 774,09 hectares do terreno denominado Fazenda Brejo dos Macacos, localizado na Zona Norte do Recife, que pertencia ao Banco Econômico. A medida objetiva ampliar a extensão do Parque Estadual Dois Irmãos (PEDI), que passa ao triplo do tamanho a partir da integração com a área adquirida e a modernização com a implantação do conceito “Bioparque no Zoológico”. No local, será implantada uma unidade de Conservação Ambiental no local. O total investido foi de R$ 26,8 milhões.

Paulo Câmara disse que estava concretizando um projeto que começou ainda no Governo Eduardo Campos. “Desde que me foi apresentado esse projeto de aquisição dessa área que triplica a presença da Mata Atlântica no Recife, quando eu ainda era secretário da Fazenda de Eduardo Campos, todos nós vimos ali uma oportunidade fenomenal de fazer com que muitas ideias, muitas políticas de sustentabilidade e de preservação do meio ambiente fossem fortalecidas. E hoje, eu tenho a satisfação de, como governador, concretizar esse processo, essa transferência ao Estado de uma área fundamental para a preservação ambiental do nosso Estado e da nossa capital”.

IMG-20171205-WA0020

O chefe do Executivo estadual destacou que ações como essa ratificam o compromisso do Governo de Pernambuco com políticas públicas. “Essa transferência é fundamental dentro das políticas públicas que a gente planeja, políticas de desenvolvimento sustentável que englobe o econômico, mas que não esqueça de maneira nenhuma o social, e que o meio ambiente precisa estar protegido”.

A decisão foi tomada com base no Decreto Estadual nº 40.547/2012, que estabelece um novo limite para o PEDI, considerando além do já havia sido estabelecido em 2006, pela Lei nº 13.159 (384,42 ha), o acréscimo de 774,09 hectares, praticamente triplicando a área do Parque, que passa a possuir 1.158,51 ha de área protegida no município do Recife.  “Não são todas as cidades que têm a alegria de ter um parque de 350 hectares”, ressaltou o governador.

O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), também presente á solenidade, elogiou a iniciativa de Paulo Câmara, ressaltando o seu compromisso com a qualidade de vida dos recifenses, que têm ao seu dispor um pulmão verde definitivo. “A partir de agora, a gente tem a certeza absoluta de que essa área será ainda mais preservada. São iniciativas como essa que nos dão condições de construir uma cidade melhor para o futuro”.

IMG-20171205-WA0021

O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Sérgio Xavier, enfatizou que a ampliação da área da unidade de conservação estadual aumentará as chances de conservação da biodiversidade. “Estamos passando por uma importante transformação que vai além da ampliação. O Parque está sendo reformado e modernizado com o conceito Bioparque no Zoológico, que oferece uma ambientação muito semelhante à natureza, para que os animais se sintam mais sintonizados com seu habitat. E com essa ampliação, nós poderemos trabalhar ainda mais, em parceria com a Prefeitura do Recife, outras ações de educação e preservação ambiental”.

PARQUE – O Parque Estadual de Dois Irmãos é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral e um referencial de conservação da biodiversidade dos ecossistemas de Mata Atlântica. A complexidade do conjunto vegetacional desempenha papel importante no que se refere à contribuição para a manutenção da qualidade e quantidade do volume hídrico, no caso o complexo da sequência dos açudes do Prata, do Meio e do Mandi, que confluem suas águas em direção ao Rio Capibaribe.

Participaram da solenidade, o deputado estadual Aluísio Lessa, o presidente da Compesa, Roberto Tavares, a procuradora-chefe da Procuradoria Geral de Apoio, Rosana Wanderley Campos, os procuradores do Estado Almir Bezerra Filho e Adriana Crisóstenes, o diretor-presidente da CPRH, Eduardo Elvino, o gerente do Parque Estadual Dois Irmãos, Walter Blossey, o secretário de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Recife, Bruno Schwambach, e o tabelião do 6º Cartório de Ofício de Notas do Recife João Roma, Carlos Alberto Ribeiro Roma.

Fotos: Hélia Scheppa/SEI

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar