cred-João-Marcos-Cardoso-7-881x585

Os produtores de leite de Pernambuco vão ter mais de garantir mais segurança e condições de comercialização de queijos artesanais. O governador Paulo Câmara enviou à Assembleia Legislativa de Pernambuco, um Projeto de Lei que estabelece a modificação da Lei nº 15.948, de 16 de dezembro de 2016, a qual concede benefícios fiscais referentes ao Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS).

O governador explicou que a medida é um incentivo para a formalização do setor, que poderá vincular o recebimento de benefícios ficais por meio da adoção da Nota Fiscal Eletrônica para a comercialização deste tipo de produto. Serão beneficiados tanto os produtores quanto os varejistas. A iniciativa atende a uma antiga reivindicação dos produtores de queijos artesanais que viviam fragilizados diante das fiscalizações.

Pernambuco tem uma grande produção de queijos artesanais, principalmente queijo de coalho e de manteiga, com a maioria dos produtores localizada na Região do Agreste Meridional. Cachoeirinha e Sanharó têm os maiores produtores.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar