IMG-20170905-WA0002

A equipe da Escola de Referência em Ensino Médio José de Alencar, localizada em Paulista, conquistou o tricampeonato estadual de Robótica. O segundo lugar ficou com o grupo The Hackers, da rede municipal do Recife, e o terceiro foi a equipe da EREM Porto Digital, no Recife. Os três grupos classificaram-se para a Olimpíada Brasileira da categoria, que acontecerá de 7 a 9 novembro, em Curitiba (PR).

A competição aconteceu na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, e reuniu mais de 300 equipes dos níveis 1 (11 a 14 anos) e 2 (14 a 19 anos) de instituições públicas federais, municipais e estaduais, além de particulares e do SESI. Os estudantes precisaram construir um robô que teve como desafios simular, no menor tempo possível, ações de resgate, de acordo com o percurso pré-estabelecido pela equipe da OBR. Do total, 100 foram classificados para disputar a etapa estadual, sendo 50 equipes do nível 1 e 50 equipes do nível 2.

O clima era de muitas festa na Arena. As equipes vencedoras não seguraram a emoção de representar Pernambuco em uma competição nacional. Apesar de ser veterano na Olimpíada e de ter conquistado o primeiro lugar na disputa por três anos seguidos, o estudante Marcos Vinícius não conteve as lágrimas. Abraçado com os companheiros, ele contou o segredo do grupo. “Muita dedicação e companheirismo. A gente se tornou uma família. Somos apaixonados pela robótica, e nos dispusemos a passar horas estudando depois da aula para manter o nosso nível na disputa. Vamos viajar mais uma vez e tentar fazer o melhor para o nosso Estado”, disse.
Já a equipe da EREM Porto Digital, ganhou a classificação para a etapa nacional pela primeira vez. Ver o nome da equipe entre os três primeiros colocados era o sonho do estudante José Vitor, integrante do grupo e que participa da OBR desde o Ensino Fundamental. “Foi incrível. Disputamos com grandes escolas privadas e agora estamos aqui, entre os melhores. Esse resultado só dá vontade de estudar para crescer ainda mais”, contou.
O secretário de Educação, Fred Amancio, esteve presente durante toda a tarde de competição e vibrou com o desempenho dos estudantes da escolas estaduais. Para ele, o mais importante da competição é participar, independentemente de resultado. “O nosso objetivo maior na área da robótica é o trabalho pedagógico que é feito nas escolas. A gente fica muito feliz em ver esses estudantes contentes com o resultado, competindo, e todos estão de parabéns por estarem aqui. Alguns vieram de tão longe, e é isso que emociona a gente”.

Também participaram da etapa estadual da OBR as escolas estaduais: EREM Benedita de Morais Guerra, em Macaparana, EREM Alberto Augusto de Morais Pradines, de Itamaracá, EREM Nossa Senhora de Fátima, de Sanharó, EREM Epitácio André Dias, de Jaboatão dos Guararapes, e EREM Eurídice Cadaval, de Itapissuma.

Fotos: Gil Menezes

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar