Arquivos do mês agosto 2017

IMG-20170816-WA0089

Em visita realizada ao Gabinete Português de Literatura, na última quinta-feira (10), no Recife, o secretário de Cultura e Turismo de Agrestina, Josenildo Santos e o diretor de Cultura, Adeilson Soares, estiveram no espaço para realizar uma pesquisa sobre escritores portugueses das regiões de Alentejo, centro-sul de Portugal e Açores, território autónomo da República Portuguesa, situado no Atlântico Nordeste, e a relação dessas regiões com o município de Agrestina na produção de chocalhos e Alfenins. O objetivo da pesquisa é difundir a literatura no município tendo o alfenim e o chocalho como objeto de estudo.

Para o secretário Josenildo Santos é de fundamental importância para a cultura do município conhecer a relação entre Portugal e Agrestina e seus elementos de pesquisa tendo como ferramenta a literatura “ Por meio da literatura iremos trabalhar o intelecto dos agrestinenses e mostrar a relação que o município tem como Portugal e a influência do país na produção do chocalho e do Alfenim, em Agrestina”, disse.

Foto: Anayran Santos

5O5A0668
O governador Paulo Câmara presidiu na manhã de hoje, a solenidade de conclusão do Curso de Formação de Sargentos (CFS) da Polícia Militar de Pernambuco. Essa foi a maior formatura da patente da história da corporação, 1.529 novos policiais serão empregados em todo o Estado, sendo 796 na Capital, 313 na Região Metropolitana, 114 na Zona da Mata, 160 no Agreste e 146 no Sertão.
Durante a solenidade, Câmara afirmou que fomentar uma política estadual de valorização ao profissional de segurança é um dos compromissos do Governo de Pernambuco. “É muito importante começar a manhã de uma segunda-feira com um ato como este, que mostra o nosso compromisso em buscar um Pernambuco mais tranquilo, mais seguro e com mais paz. O momento exige de nós cada vez mais trabalho e dedicação. A busca incessante de combater um mal maior que atinge o dia a dia das pessoas. Mas eu quero reafirmar aqui, como governador de Pernambuco, a nossa confiança no trabalho que vem sendo desenvolvido pela Secretaria de Defesa Social e pelos comandos das polícias do nosso Estado. Nós temos uma política e um planejamento, estamos buscando cada vez mais fortalecer os aparelhos policiais tanto da Polícia Militar como da Civil e Científica”.
Ele aproveitou o momento para reiterar o compromisso do Governo de Pernambuco com a valorização do profissional de segurança do Estado. “Eu tenho certeza de que nós vamos continuar neste caminho, que é o caminho da valorização, da busca pela profissionalização e da determinação, para que não falte a todo o efetivo da PM os meios necessários para combater a criminalidade, o tráfico de drogas e o crime organizado. A PMPE, com toda a sua grandeza, história e honradez, irá, com certeza, corresponder aos anseios da sociedade pernambucana”.
O CFS teve duração de 120 horas e habilitou os profissionais de segurança a atuarem com o cumprimento de decisões estratégicas, comandarem frações da tropa motorizada e a pé, além de auxiliarem administrativamente e operacionalmente a corporação. A turma é a primeira formada no ano de 2017, e dentre as temáticas estudadas pelos novos sargentos estiveram procedimentos investigatórios, gestão administrativa e técnicas de policiamento ostensivo.
5O5A0702
O comandante da Polícia Militar do Estado de Pernambuco, coronel Vanildo Maranhão, lembrou que medidas como a criação de turmas para cursos de formação beneficiam e valorizam o profissional de segurança, estão fazendo com que seu trabalho seja realizado com excelência. “É importante lembrar que a capacitação e a valorização do serviço do policial militar de Pernambuco demonstram a atenção do Governo do Estado com as questões que envolvem a segurança pública. A instituição, como uma das protagonistas do programa estadual Pacto pela Vida, se fortalece com a conclusão de mais um curso de sargentos, formando profissionais qualificados e dispostos a bem servir a sociedade pernambucana em tudo que lhes é imposto”.
O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, parabenizou os formandos e destacou o empenho e respeito da atual gestão com os servidores públicos do Estado, salientando que medidas de valorização dos profissionais são cruciais para a diminuição dos índices de violência do Estado. “A nossa bandeira sempre será formar profissionais que saiam às ruas preparados para exercer suas funções com respeito às diferenças sociais e com foco na dignidade da pessoa humana, contribuindo para a diminuição da violência social e melhorando, dessa forma, a qualidade do serviço prestado à sociedade pernambucana. A importância da valorização do profissional, mediante à realização desses cursos de ascensão funcional, é uma clara comprovação de que o Governo do Estado executa modernas práticas de gestão de pessoas no setor público, reconhecendo o servidor como principal e maior patrimônio de sua administração”.
 
Fotos: Wagner Ramos/SEI

 

ARB_7144_13082017_Foto_AndreaRegoBarros
A missa celebrada para relembrar a memória dos ex-governadores Miguel Arraes (PSB) e Eduardo Campos (PSB), na Matriz de Casa Forte, reuniu muitos políticos e personalidades, como o governador Paulo Câmara (PSB), com a primeira dama Ana Luiza, o vice Raul Henry (PMDB, o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Guilherme Uchôa (PDT), o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), Luciana Melo, secretários de governo e outras autoridades. A cerimônia religiosa na Matriz de Casa Forte foi celebrada pelo padre Rinaldo dos Santos.
 Na ocasião, Paulo Câmara destacou as boas lembranças que mantém vivas de Eduardo e o legado deixado por ele para a população pernambucana. “Tenho a honra de governar Pernambuco sucedendo Eduardo. Tudo aquilo que eu aprendi como secretário e gestor público tem a participação dele em minha vida. Então, eu quero continuar governando Pernambuco olhando sempre os bons exemplos, tanto o de Eduardo como o de Arraes, buscando avançar e contribuir. O momento difícil exige isso. Exige a certeza de que a gente tem que pegar o que tem de bom e fazer com que isso se torne realidade. Eduardo faz muita falta a Pernambuco e ao Brasil, e a gente tem o compromisso de avançar naquilo que ele deixou. Então, como pernambucano e governador, eu quero continuar minha gestão contribuindo para Pernambuco e continuar o trabalho que ele iniciou”.
Ele aproveitou o momento para reafirmar o seu desejo de continuar governando o Estado com o apoio dos pernambucanos. “O Dia dos Pais é sempre um dia de comemorar, de se reunir com a família, confraternizar e refletir sobre o futuro. Hoje, como pai e filho, eu quero parabenizar a todos. Estamos trabalhando muito por um Pernambuco melhor, e eu espero que todos os pais e filhos continuem a nos ajudar nessa caminhada em favor daqueles que mais precisam”.
O prefeito Geraldo Julio relembrou o modo como Eduardo Campos enfrentava os problemas e ratificou a sua esperança em encontrar saídas para o atual momento vivido pelo país. “Eduardo dizia que o problema não era para ser cuidado, acompanhado e tratado. Não se leva problema para casa. O problema era para ser enfrentado. Você enfrenta, encontra um caminho e uma solução, e lá na frente tem a saída. Eduardo se colocava desse jeito sempre que surgiam dificuldades, que algumas coisas eram colocadas à sua frente. E neste momento que o Brasil passa, de extrema dificuldade, é importante saber que sempre existe um caminho. Sempre tem uma forma de resolver”, destacou.
 
Fotos: Andréa Rêgo Barros/PCR

IMG-20170811-WA0004

Encontramos no dia a dia a utilização do conhecimento da Ciência da Futurologia na publicização e propagação das mensagens – A REVISTA TOTAL VAI ANTECIPAR O VENCEDOR DA ELEIÇÃO PARA GOVERNADOR DO ESTADO, HÉLIO DOS TERRENOS DISPARA EM BELO JARDIM e CÉLIA SALES PODE GANHAR ELEIÇÃO EM IPOJUCA. O  que a revista tornou público e propagou foi “o que aconteceu”.

Portanto, na futurologia o principal foco de estudo é o futuro. Não se destina a prever “o que vai” acontecer no futuro e sim “0 que pode” acontecer no futuro. Os futuristas trabalham conhecendo, explorando e criando novas imagens do futuro, explorando o mundo possível, estudando o mundo provável e avaliando o mundo desejável.

Eduardo Carvalho, diretor da ABA Global Education em seu artigo “Futurologia” (JC, Opinião 06/01/2017) explora os cenários da futurologia e assinala a multidisciplinaridade (estatísticas, matemática, história, psicologia etc.) como fundamental para o planejamento  e o sucesso das empresas, cidades e nações e por que não acrescentarmos a gestão municipal, a construção de mandatos e o  mercado eleitoral e do voto.

De fato, para sabermos o que o publico pensa sobre determinado assunto não deve ficar restrito a uma só ferramenta de divulgação e informação, temos que buscar trabalhos realizados por equipe de profissionais com credibilidade e reputação no mercado editorial, pois a existência de um longo caminho tortuoso entre o que é tornado público nos questionários de pesquisa e o comportamento do eleitor diante da urna é relatado pelo doutor em Ciência Política e professor da UNICAPE, Juliano Domingues no seu artigo “Opinião não é eleitorado”. Registra também o constrangimento dos indivíduos em responder “não sei”, respondendo assim qualquer alternativa da pergunta para se livrar das perguntas do pesquisador.

Quanto aos constrangimentos, a população receosa em abrir o portão de sua casa para os pesquisadores (hoje uma questão de segurança), contribui para a distorção na coleta dos dados. Agora, nos  municípios de grande polarização política, o constrangimento em participar de uma pesquisa e declarar a sua intenção futura é muito maior (consequência de todas modalidades de perseguições), levando a responder “do jeito que esta, está bom”.  Para ilustrar o sentimento de insegurança do entrevistado, ao ser abordado pelo pesquisador a primeira pergunta que o entrevistado faz, é “de quem é esta pesquisa”.

Nas regiões onde o domínio político é exercido por famílias com desavenças políticas, mas também pessoais, registramos este diálogo na abordagem de um morador pela aluna pesquisadora da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, devidamente identificada com crachá, abordando se o mesmo poderia responder a uma pesquisa de opinião pública para avaliação da situação atual do município, da gestão e em quem o povo vota na próxima eleição para prefeito do município. A resposta do entrevistado foi “moça, falar em política aqui não é bom não, da muito briga” e,  um outro senhor de chapéu, sentado em um saco de milho, fumando um cigarro de palha diz “moça, as vezes só em pensar já dá um briga grande”.

Corroborando com o exposto acima, concluímos que nas pesquisas eleitorais realizadas pelo modelo tradicional, em municípios menores, principalmente no interior do estado, é detectado um constrangimento do eleitor em declarar a sua intenção de voto, o que alterava os dados e falseava o resultado das pesquisas. Geralmente, os resultados obtidos nas pesquisas, mesmo em datas próximas do pleito, se distanciavam do resultado oficial da eleição, além da margem de erro utilizada.

A nova metodologia de pesquisa de intenção de votos (Prof. Erinaldo Ferreira –  PPGCP da UFPE, Prof. Clovis Miyachi – PPGCP da UFPE) propicia uma redução da influência do pesquisador no resultado da pesquisa, aumentando sua veridicidade na medida em que toma por base a eliminação de três fatores que podem falsear os dados: 1) a “força induzida”, que é a interferência direta de alguém na preferência de  outros e em sua declaração da intenção de voto; 2) o “constrangimento comportamental”, que é uma mudança na ação do indivíduo para se assemelhar aos seus pares; e 3) a “falsificação de preferências”, que é criada pelo constrangimento do pesquisado em revelar a sua preferência diante de terceiros.

Concluímos, primeiramente, que a pesquisa eleitoral, como um importante instrumento de análise de um momento e amplamente utilizado por partidos políticos, candidatos e eleitores (Thiollent, 1989), pode ser mascarada no modelo tradicional já que há um receio dos eleitores tornar público sua intenção, desencadeando assim uma falsificação nos resultados obtidos em pesquisas de intenção de voto aplicadas seguindo o modelo tradicionais comumente utilizados pelos institutos de pesquisas.

Então, qual é a melhor forma de prever quem vai ganhar a eleição? Se a resposta for a pesquisa eleitoral, errou. “…a melhor forma de prever uma eleição (e outros tipos de eventos) é olhar as Bolsas de Apostas…” (Bolsas de apostas são mais precisas que pesquisa na previsão de eleição – Folha de São Paulo, 17/10/2016, colunista Ronaldo Lemos).

O cientista político da Universidade da Califórnia, James Fonwler considera que as Bolsas de apostas são mais precisas na previsão de eleição do que as pesquisas. O mercado de previsão incorpora rapidamente as informações das pesquisas e adicionam a elas outras  informações coletadas entre a população. Ilustrando a consideração acima podemos citar as apostas feitas nas periferias das cidades e nos municípios do interior, onde apostam desde animais, moto, carros, terrenos, casas etc. Na eleição de 2016, verificamos caso do proprietário de uma lanchonete de uma cidade do interior, costumas apostador, que ganhou mais de 15 mil reais em dinheiro, moto, terreno etc. apostando que o seu candidato, ganharia com mais de 5 mil votos.  O que faz um indivíduo correr riscos e disponibilizar seus bens contra várias pessoas (custo concentrado, benefício difuso) se não a convicção  “o que pode acontecer”.

Então, ao trabalhar com “o mundo desejável” devemos observar se as informações publicizadas e propagadas   foram coletadas por correspondentes, simpatizantes e leitores residentes na localidade onde ocorrem os eventos,  isto é, a interpretação real do acontecimento. Hoje este trabalho é realizado pela equipe coordenada pelo empresário Marcelo Mesquita e pelo jornalista Márcio Maia da Revista Total. A revista com sua equipe experiente no assunto eleitoral, atuando nos últimos 10 anos com assertiva de mais de 90% dos prognósticos,  utiliza conceitos e técnicas da Futurologia, da Eliminação dos Constrangimentos e das Apostas dos moradores, para com sua experiências dizer “O QUE PODE ACONTECER”.

Professor Clovis Miyachi, Cientista Político
Professor Pesquisador do NEPD/UFPE- Núcleo de Estudos Político da Democracia da UFPE;

Professor da Pós-Graduação e Graduação da UPE – Universidade de Pernambuco;

Professor na Escola do Legislativo da ALEPE/PE – Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco;

Professor na Escola do Judiciário do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco – TER/PE;

Foi Vice-Diretor do NCTI/UPE; – Núcleo de Comunicação e Tecnologia da Informação da Universidade de Pernambuco;

Coordenador das Pesquisas Eleitorais: Eleições para governador e prefeitos, divulgadas pelo Jornal Folha de Pernambuco;

Atuação com ênfase em: Diagnóstico em Risco Político, Construção de Mandatos, Processos da Cristalização da Intenção do Voto, Comportamento Eleitoral, Pesquisa Eleitoral, Propaganda Eleitoral e Marketing Político/Eleitoral.

Por Márcio Maia

hemobras-arq-divulgacao

O ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), está tentando viabilizar a decisão de transferir o funcionamento da Hemobrás, instalada em Goiana, para uma nova fábrica que seria construída pelo Governo Federal, com recursos de uma empresa multinacional, na cidade de Maringá, no Paraná, município de onde o ministro já foi prefeito e onde tem seu reduto eleitoral, já tendo sido eleito deputado federal por quatro vezes. É uma medida casuística e que vai prejudicar bastante o Estado de Pernambuco.
Ontem, em entrevista ao programa Geraldo Freire, da Rádio Jornal, ele terminou discutindo com os jornalistas e os acusou de estarem desinformados sobre o assunto. Nas entrelinhas, ele chegou a reconhecer que tem interesse em beneficiar o seu reduto político se aproveitando da eventual situação de estar ocupando o cargo no Ministério da Saúde.
A bancada pernambucana na Câmara Federal não está gostando da intenção do ministro e está se mobilizando para evitar que se concretize. Hoje, o deputado federal Augusto Coutinho (SD) disse ter conversado com o presidente da República, Michel Temer (PMDB), e ele lhe garantiu que a fábrica não será transferida para o Paraná, como deseja o ministro. “Tenho certeza que a vontade do ministro não irá prevalecer e que vamos lutar para que Pernambuco não seja prejudicado por essa medida”, afirmou.
O senador Humberto Costa (PT) considerou uma politicagem barata a intenção de Ricardo Barros, adiantando que a ideia dele é impossível de ser concretizada, porque a legislação (Lei do Sangue) não permite que empresas privadas atuem na área. “Tudo ligado a doação e manipulação de sangue humano e hemoderivados é monopólio do Governo Federal.
O petista lembrou que os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff deram todo apoio para a concretização da construção da fábrica, investindo muitos recursos. Enfatizou que Pernambuco tem uma forte tradição na área de manipulação de sangue iniciada há décadas com o extraordinário trabalho do Hemope. “Os especialistas pernambucanos têm muita competência e têm reconhecimento internacional”.
Humberto Costa disse ainda que a fábrica da Hemobrás em Goiana está com cerca de 70 por cento concluída e que no aspecto tecnológico está com 60% implantada.
O Blog Revista TOTAL repudia de forma veemente a intenção do ministro Ricardo Barros e confia no trabalho e na força dos senadores e deputados federais para que Pernambuco não perca esse importante empreendimento, que recebeu todo apoio do então governador Eduardo Campos (PSB) e do atual Paulo Câmara (PSB).

IMG-20170810-WA0134

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) começou uma extensa programação de eventos para comemorar os 70 anos de existência. O primeiro deles foi uma sessão solene na Assembleia Legislativa, no Recife, que contou com a presença das principais lideranças socialistas no Estado. Foi enfatizado que o partido construiu uma história de justiça e liberdade e tem lutado para diminuir as desigualdades sociais.
Além do governador Paulo Câmara, que é vice-presidente nacional da sigla, e do presidente estadual, Sileno Guedes, compuseram e mesa de honra da solenidade o prefeito do Recife, Geraldo Julio, a ex-primeira-dama e integrante do PSB nacional Renata Campos, o chefe de Gabinete do Governo do Estado, João Campos, e o presidente da Alepe, Guilherme Uchoa (PDT). Centenas de militantes do partido ocuparam o novo Auditório Sérgio Guerra.
O Partido Socialista Brasileiro (PSB) foi fundado no dia 6 de agosto de 1947, por João Mangabeira e grandes lideranças políticas, com o ideal de unir socialismo e liberdade. Diante da defesa da Democracia sob constante ameaça, o partido foi extinto pelo movimento militar em 1964 e se reergueu em 1985, quando esteve sob a liderança de Jamil Haddad, Roberto Amaral e Miguel Arraes.

IMG-20170810-WA0136

COMPROMISSO – O governador Paulo Câmara destacou o compromisso do PSB de combater a desigualdade entre as diferentes regiões do País, enfatizando que a injustiça social é intolerável. “O Partido Socialista Brasileiro não aceita que uns tenham muito enquanto outros nada têm. O PSB tem compromissos claros e projetos para o Brasil e nunca aceitou ou aceitará desigualdades. Não foi fácil chegar até aqui com os compromissos que carregamos, mas somos movidos pela crença de que a política é uma forma de lutar por um mundo melhor para todos, enfrentando e superando as dificuldades”.
O gestor socialista ressaltou o marco para a política brasileira que é a comemoração dos 70 anos do PSB e registrou que a história do partido demonstra a importância de seus ideais. “Não é todo dia que podemos festejar sete décadas de história de um partido político em um País como o nosso, com tão reduzida tradição na construção e manutenção de instituições partidárias”.

O presidente do PSB de Pernambuco, Sileno Guedes, ressaltou as sete décadas de luta política e atuação nos movimentos mais importantes do País da legenda. Enquanto não houver justiça social e libertária para o povo, o PSB será sempre uma esperança viva para os brasileiros. Temos uma percepção própria, respeitando todas as outras sob o princípio democrático. O PSB nasceu desses valores: democracia, liberdade e justiça social. Por isso, ninguém e nenhuma força política têm condições de desconhecer o nosso papel político em defesa dos interesses de povo”.

 A proposta para a realização da sessão solene, foi da deputada estadual Laura Gomes que ressaltou que os ideais do PSB marcaram os mandatos legislativos e executivos de Miguel Arraes, Eduardo Campos e, agora, se consolidam na administração de Paulo Câmara. “Sob a condução do governador, a gestão de Pernambuco confirma o modo socialista de governar: com equilíbrio, seriedade e competência, mesmo em meio a uma crise econômica, política e ética sem precedentes”.

Fotos: Roberto Pereira/SEI

IMG-20170810-WA0133

O  novo procurador de Justiça, José Correia de Araújo, e 21 novos promotoresdo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) tomaram posse em solenidade ocorrida hoje (10), no Centro Cultural Rossini Alves Couto, no Recife. Os servidores empossados, que vão atuar no Sertão, Agreste e Zona da Mata pernambucana, foram aprovados no 24ª concurso público para cargos de promotor de Justiça e promotor de Justiça substituto do MPPE. A solenidade foipresidida pelo procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu de Barros.

O governador Paulo Câmara (PSB) enfatizou a importância do Ministério Público. “O Brasil passa por um momento de muitas definições, e cabe ao Poder Estatal, ao governo e aos Poderes cuidarem da sociedade e fazer com que os serviços públicos funcionem bem. E o Ministério Público tem esse papel, importante e fundamental, de ser parceiro e de buscar melhorar a sociedade, melhorar os serviços públicos, combater à violência, o tráfico de drogas e o crime organizado. São muitas tarefas e desafios, mas o Ministério Público está de parabéns. E com esse reforço de 21 novos promotores, com certeza, vai melhorar ainda mais o serviço oferecido ao cidadão”.

IMG-20170810-WA0132

O procurador Francisco Dirceu cumprimentou cada um dos novos promotores e seus familiares e destacou a importância do bom relacionamento entre os outros Poderes. “Nós temos desafios, e desafios servem para serem superados. Hoje, estamos concretizando sonhos de pessoas que não conhecíamos, e que, agora, vão nos ajudar a melhorar a qualidade de vida do povo pernambucano. As portas do MPPE sempre estiveram abertas para os Poderes Executivo e Legislativo. Estabelecemos um diálogo franco e aberto, porque em uma crise, o que se espera é que as instituições públicas estejam em harmonia, apesar e sua ampla independência”.

IMG-20170810-WA0130

O novo procurador de Justiça do MPPE, José Correia de Araújo, agradeceu emocionado o apoio de seus familiares e amigos de carreira, e disse estar preparado e animado para a nova missão. “Este ano, completo 24 anos de ingresso no Ministério Público deste Estado. Ao longo desta caminhada, os desafios foram muitos, porém, forças e muito apoio não me faltaram para seguir em frente. E, hoje, tenho a honra de receber essa promoção com muita alegria, ao lado dos que me acompanharam todos esses anos”. Acompanharam o governador Paulo Câmara na solenidade o presidente  da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o deputado estadual Guilherme Uchôa (PDT) e o secretário da Assessoria Especial ao Governador, José Neto.

Fotos: Aluisio Moreira/SEI

IMG-20170807-WA0195

O Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco está completando 130 anos de existência, período em que vem prestando excelentes serviços, salvando a vida e o patrimônio dos pernambucanos. A corporação vem tendo uma nova dinâmica a partir da implantação do Pacto pela vida, criado na gestão do então governador Eduardo Campos (PSB). Vem crescendo em vários aspectos, ampliando sua área de atuação, principalmente no Sertão do Estado, e nas áreas preventivas e educativas.
Nos últimos anos, vários Grupamentos e Seções de Bombeiros foram instalados, dando mais condições de trabalho ao efetivo e proporcionando serviços mais eficientes e rápidos aos moradores dos municípios. Também têm sido muito elogiadas pela população, as ações preventivas, como a realização de vistorias em imóveis residenciais, comerciais e industriais.
Essas vistorias estão sendo fundamentais para que Pernambuco seja apontado como o Estado com menores índices de acidentes de graves proporções, inclusive nos grandes eventos ao ar livre, como o Carnaval e o São João.
Para homenagear a corporação, a Revista TOTAL está preparando diversas matérias para serem publicadas na edição do próximo dia 15 de outubro.
Estamos fazendo um levantamento sobre a história e as atividades de todas as unidades da corporação, entrevistando o coronel Manoel Cunha, comandante geral, e os demais gestores do CBMPE.
Será uma bonita e merecida homenagem.

IMG-20170806-WA0081
Quanto mais se sabe, maiores hipóteses de sobrevivência…
Um cardiologista diz que se todos que receberem esta mensagem, a enviarem a pelo menos uma das pessoas que conhecem, pode ter a certeza de que, pelo menos, poderá salvar uma vida.

Beba água com estômago vazio.
Hoje é muito popular, no Japão, beber água imediatamente ao acordar. Além disso, a evidência científica tem demonstrado estes valores. Abaixo divulgamos uma descrição da utilização da água para os nossos leitores.
Para doenças antigas e modernas, este tratamento com água tem sido muito bem sucedido….
Para a sociedade médica japonesa, uma cura de até 100% para as seguintes doenças:
Dores de cabeça, dores no corpo, problemas cardíacos, artrite, taquicardia, epilepsia, excesso de gordura, bronquite, asma, tuberculose, meningite, problemas do aparelho urinário e doenças renais, vómitos, gastrite, diarreia, diabetes, hemorróidas, todas as doenças oculares, obstipação, útero, câncer e distúrbios menstruais, doenças de ouvido, nariz e garganta.

Método de tratamento:
1. De manhã e antes de escovar os dentes, beber 2 copos de água.
2. Escovar os dentes, mas não comer ou beber nada durante 15 minutos.
3. Após 15 minutos, você pode comer e beber normalmente.
4. Depois do lanche, almoço e jantar não se deve comer ou beber nada durante 2 horas.
5. Pessoas idosas ou doentes que não podem beber 2 copos de água, no início podem começar por tomar um copo de água e aumentar gradualmente.
6. O método de tratamento cura os doentes e permite aos outros desfrutar de uma vida mais saudável.

A lista que se segue apresenta o número de dias de tratamento que requer a cura das principais doenças:
1. Pressão Alta – 30 dias
2. Gastrite – 10 dias
3. Diabetes – 30 dias
4. Obstipação – 10 dias
5. Câncer – 180 dias
6. Tuberculose – 90 dias
7. Os doentes com artrite devem continuar o tratamento por apenas 3 dias na primeira semana e, desde a segunda semana, diariamente.

Este método de tratamento não tem efeitos secundários. No entanto, no início do tratamento terá de urinar frequentemente.
É melhor continuarmos o tratamento mesmo depois da cura, porque este procedimento funciona como uma rotina nas nossas vidas. Beber água é saudável e dá energia.
Isto faz sentido: o chinês e o japonês bebem líquido quente com as refeições, e não água fria.
Talvez tenha chegado o momento de mudar seus hábitos de água fria para água quente, enquanto se come. Nada a perder, tudo a ganhar!

Para quem gosta de beber água fria.

Beber um copo de água fria ou uma bebida fria após a refeição solidifica o alimento gorduroso que você acabou de comer. Isso retarda a digestão.
Uma vez que essa ‘mistura’ reage com o ácido digestivo, ela reparte-se e é absorvida mais rapidamente do que o alimento sólido para o trato gastrointestinal. Isto retarda a digestão, fazendo acumular gordura em nosso organismo e danifica o intestino.
É melhor tomar água morna, ou se tiver dificuldade, pelo menos água natural.

Nota muito grave – perigoso para o coração:
As mulheres devem saber que nem todos os sintomas de ataques cardíacos vão ser uma dor no braço esquerdo.
Esteja atento para uma intensa dor na linha da mandíbula. Você pode nunca ter primeiro uma dor no peito durante um ataque cardíaco.
Náuseas e suores intensos são sintomas muito comuns.
60% das pessoas têm ataques cardíacos enquanto dormem e não conseguem despertar. Uma dor no maxilar pode despertar de um sono profundo…
Sejamos cuidadosos e vigilantes.
Quanto mais se sabe, maior chance de sobrevivência…
Um cardiologista diz que se todos que receberem esta mensagem, a enviarem a pelo menos uma das pessoas que conhecem, pode ter a certeza de que, pelo menos, poderá salvar uma vida.

Ser um verdadeiro amigo é enviar este artigo para todos os seus amigos e conhecidos.

Acabei de fazer isso!

 

 IMG-20170804-WA0209
O grupo musical SaGRAMA, um dos mais conceituados do País fará uma apresentação de música popular com linguagem erudita, no hall de entrada do Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo do Estado, na Praça da República, no próximo domingo (6), às 10 horas. A apresentação gratuita faz parte do projeto Música no Palácio, que é coordenado pelo Conservatório Pernambucano de Música.

O consagrado grupo SaGRAMA tem 22 anos de carreira, com oito CDs e um DVD gravados já tendo se apresentado nas mais importantes casas de espetáculos no Brasil e em diversos Países. É formado por músicos do CPM e seu repertório traz manifestações culturais populares em uma linguagem erudita, com instrumentos acústicos. Suas composições são elogiadas pelos mais conceituados críticos musicais do Brasil e já fizeram parte de trilhas sonoras marcantes, entre elas a do premiado filme “Auto da Compadecida”, baseado na obra de Ariano Suassuna.

É uma excelente oportunidade para ouvir músicas de qualidade executadas por músicos extraordinários.

SERVIÇO
Projeto Música no Palácio: SaGRAMA
Data: 6 de agosto (domingo)
Hora: 10 horas
Entrada gratuita
Local: Hall do Palácio do Campo das Princesas, Praça da República, Santo Antônio, Recife

Fechar