IMG-20170828-WA0084
A oposição pernambucana deu uma grande demonstração de força e unidade política durante a inauguração de um conjunto habitacional no Alto do Moura, em Caruaru. Além do ministro da Cidades, Bruno Araújo (PSDB), que estava presidindo evento de entrega das chaves, e da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), também participaram da festa, os ministros Mendonça Filho (DEM), Raul Jungmann (PPS) e Fernando Filho, que ainda está filiado ao PSB. O senador Armando Monteiro Neto (PTB), pré-candidato ao Governo do Estado, também compareceu.
A inauguração das residências, que vão abrigar cerca de 10 mil pessoas, reuniu ainda cerca de 20 deputados federais e estaduais e 50 prefeitos do Agreste, Zona da Mata e Sertão, de diversos partidos, inclusive alguns que fazem parte da Frente Popular de Pernambuco, como o deputado federal licenciado Kaio Maniçoba (PMDB), integrante do grupo político comandado por jJarbas Vasconcelos (PMDB).
Durante o movimentado encontro, os caciques da oposição não falaram sobre as próximas eleições em 2018, mas deram mostras de que estão unidos e preparados para a manutenção dessa situação até o pleito.
Para Bruno Araújo, a presença dos ministros é normal, uma vez que a entrega do conjunto habitacional é uma ação do Governo Federal e que “serve para mostrar que o presidente Michel Temer (PMDB) está liberando os recursos necessários para a realização e conclusão de obras estruturadoras importantes para a população de Pernambuco”. Embora o pré-candidato Armando Monteiro estivesse presente, ele negou qualquer motivação eleitoral.
Quem foi muito assediado foi o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), que vem sendo considerado pelos analistas políticos como fora do Partido Socialista. Ele tentou desconversar, adiantando que estava na comemoração, prestigiando o filho, que é ministro da Ciência e Tecnologia. Para justificar a sentida ausência da convenção de seu partido ontem, no Recife, ele alegou que tinha outros compromissos assumidos anteriormente.
O ministro Mendonça Filho não confirmou a passagem de FBC e seu grupo político para o Democratas, mas deu a entender que existe a possibilidade. “Fernando Bezerra é um político de forte liderança política em todo o Estado e sempre conversamos, mas nunca falamos diretamente sobre a vinda dele para nosso partido”, desconversou, embora tenha relembrado que o senador já pertenceu ao PFL, como se achava anteriormente, o DEM, dando a entender que ambos têm afinidades políticas.
A prefeita Raquel Lyra demonstrava muita alegria por dois motivos, como ela mesmo explicou. “Caruaru está ganhando uma grande obra que vai beneficiar cerca de 10 mil pessoas com investimentos de mais de R$ 150 milhões. Também é muito importante para nós vermos aqui em nossa cidade, alguns dos mais importantes políticos de nosso Estado”. Ela também negou que o encontro tivesse como principal motivo, as eleições de 2018. “A oposição está se preparando para o pleito, mas queremos deixar bem claro que vamos permanecer unidos”.
O Conjunto Habitacional Luiz Bezerra Torres, construído com recursos do programa Minha casa, minha vida, tem 2.404 unidades com energia elétrica, água, esgoto e grande estrutura de lazer, com parque, quadra, salão de festas e ciclovia.

Bruno Araújo (PSDB), Mendonça Filho (DEM), Raul Jungmann (PPS) e Fernando Filho (PSB)

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar