images

Será realizada nesse sábado (19), a posse da nova diretoria do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários e de Crédito dos Municípios de Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho, Escada, Ipojuca e Moreno. A cerimônia acontecerá às 10 horas, no Salão de Eventos do Hotel Wyndham Garden Recife, localizado na Avenida Bernardo Vieira de Melo, em Piedade, Jaboatão.

A diretoria é comandada por João Carlos Campos de Melo, que foi funcionário do extinto Bandepe e atualmente, trabalha no Santander e é conselheiro da Bandeprev. É um sindicalista combativo, de muita experiência e capacitação, já tendo ocupado cargos no Sindicato dos Bancários de Pernambuco e na Federação do Nordeste.

O presidente João Carlos disse ao Blog Revista TOTAL, que o compromisso dos novos dirigentes da entidade é defender os interesses da categoria que tem sofrido bastante nos últimos anos, por conta da situação financeira do País, o que tem levado os banqueiros a exigirem cada vez mais dos funcionários. “Os bancários estão vivendo em um regime de verdadeira escravidão com exigências absurdas e quase impossíveis de serem cumpridas”.

O dirigente da entidade afirmou que as metas estabelecidas para os gerentes e demais funcionários são mirabolantes. “Por conta dessas exigências, os bancários estão vivendo em um nível altíssimo de estresse porque são cobrados pelos supervisores e constantemente, ameaçados de perderem as gratificações e até de serem demitidos”.

Para João Carlos, a situação dos trabalhadores em geral vai piorar a partir do início da decisão do presidente Michel Temer (PMDB), aprovada pelo Congresso Nacional, de permitir a terceirização em todos os níveis das empresas. “O Bradesco já anunciou o programa de demissão voluntária para 10 mil empregados, a Caixa e o Banco do Brasil decidiram que irão completar seus quadros com empregados terceirizados”.

O Sindicato é filiado à Confederação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Crédito – Brasil (CONTEC) e à Federação dos Bancários de Pernambuco, Alagoas e Rio Grande do Norte (FEEB) e integra a União Geral dos Trabalhadores (UGT).

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar