image_0 (1)O Governo do Estado vai investir cerca de R$ 26 milhões na construção de duas Escolas Técnicas Estaduais (ETE) no Sertão do São Francisco. O governador Paulo Câmara disse que é mais uma demonstração de que a educação é prioridade para o Governo de Pernambuco. O anúncio foi feito durante o Seminário Pernambuco em Ação do Sertão do São Francisco, em Petrolina. As unidades, que serão construídas em Cabrobó e em Petrolina,  vão contar com um aporte de R$ 13 milhões cada, contemplando uma estrutura moderna e com o padrão de qualidade oferecido nas outras 37 em funcionamento no Estado.
Paulo Câmara lembrou que Pernambuco tinha seis escolas técnicas em 2007. “Hoje, já temos 37 escolas funcionando nas diversas regiões do nosso Estado. Temos quatro em construção e mais duas em processo licitatório. Inclusive, a de Cabrobó. Hoje, também, assinamos o termo de doação do terreno para a construção de uma unidade aqui, em Petrolina. E tudo isso é fruto de um planejamento pensado pelo ex-governador Eduardo Campos, lá atrás, que fizemos questão de dar continuidade. Acreditamos que é pela educação que conseguiremos transformar a sociedade e oferecer um futuro melhor para as novas gerações”.
ESCOLAS – A ETE de Petrolina será construída no bairro de Pedra Linda, em uma área de 22 mil m². O processo licitatório da unidade está previsto para este segundo semestre e a ordem de serviço deverá ser autorizada no início de 2018, como explica o secretário estadual de Educação em exercício, João Charamba: “Nós já iniciamos as tratativas com o Ministério da Educação e com o Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) para a liberação de parte dos recursos e para que possamos iniciar, o mais breve possível, a construção das unidades”, explicou. Do valor total a ser investido, 60% é repassado pelo Governo Federal e 40% pelo Estado.
A licitação para a implantação da ETE de Cabrobó já está em fase de finalização e a ordem de serviço deve ser dada em um prazo de 90 dias. A estrutura vai atender, inicialmente, 720 alunos, podendo chegar a até 1.200. O espaço contará com salas de aula, secretaria, arquivo, almoxarifado, hall de acesso, diretoria, coordenação, banheiros, biblioteca, sala dos professores, laboratórios de informática, ciências, física/matemática, cozinha, despensa, recreio coberto/refeitório e quadra coberta com vestiário. 
Desde 2015, a rede de Escolas Técnicas Estaduais (ETE) só cresceu. Nesse período, foram inauguradas dez novas ETEs nos municípios de São José do Belmonte, São Bento do Una, Santa Cruz do Capibaribe, Jordão/Ibura, Paudalho, Belo Jardim, Arcoverde e São Lourenço da Mata, Buíque e Caruaru. A expectativa é de que, até o final de 2018, Pernambuco possua 40 unidades desse modelo.
O governador aproveitou a oportunidade para entregar certificados de participação a três alunos do Programa Ganhe o Mundo: Bruna Carvalho Santos, Érica Loranne Amorim, que viajaram à Nova Zelândia, e Ester Hadassa Lima que viajou ao Canadá.
 

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar