Por Marcio Maia

 

download (11)O presidente do Centro de Abastecimento de Pernambuco (CEASA), Gustavo Melo, anunciou o início do “Plantão do Milho”, que vai funcionar durante 24 horas, até o Dia de São João (24). O anúncio foi feito durante uma grande festa no pátio do Ceasa, onde dezenas de comerciantes estarão oferecendo os seus produtos com segurança total. Na ocasião, se apresentaram o cantor Josildo Sá, trio pé de serra e os tradicionais bacamarteiros. Também foram distribuídos 200 quilos de canjica.
Gustavo garantiu o aumento da oferta e da qualidade do milho verde que está sendo vendido esse ano. Ele explicou que a melhoria aconteceu por conta das chuvas que foram bem mais acentuadas nos últimos meses, o que deu melhores condições de plantio aos produtores.

Gustavo explicou que a maioria do milho comercializado em Pernambuco é oriundo de pequenas e médias propriedades rurais, não havendo a utilização de tecnologia mais sofisticada, como a irrigação artificial. “Em Pernambuco, os agricultores dependem das chuvas para ter uma produção em maior quantidade e também em qualidade. Como nos primeiros meses do ano, aconteceram boas chuvas, o milho está com uma qualidade muito boa”.

Ele disse que o milho que está chegando para venda no Ceasa, foi cultivado principalmente em Ibimirim, no Sertão, que é o maior produtor. Também está tendo uma boa produção em alguns municípios do Agreste Meridional, onde houve ocorrência de chuvas boas para o plantio. “Esse ano, estamos batendo um recorde, pois cerca de 92 por cento dos produtos ofertados vêm de municípios pernambucanos”, acentuou.

SATISFAÇÃO – Os vendedores estabelecidos no Ceasa estão satisfeitos com a expectativa de uma boa comercialização. Por enquanto, os maiores compradores são as pessoas que vendem o milho nas feiras livres e as que preparam canjica e pamonha para revendê-las, além do milho verde assado e cozinhado, muito procurado pelos pernambucanos.

Levantamento feito pelo Blog Revista TOTAL indica que a conhecida “mão de milho” (50 espigas) está sendo comercializada entre R$ 20,00 e R$ 35,00. Os vendedores dizem que as espigas pequenas, que chegaram em pequena quantidade, são mais procuradas pelos produtores de canjica, pamonha e dos diversos tipos de bolos de milho.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar