Por Márcio Maia

 

quadrilha2Há alguns dias publicamos no Blog Revista TOTAL, um artigo onde denunciávamos a estratégia utilizada pelo prefeito Romero Rodrigues (PSDB) para justificar seu descompromisso com a fantástica cultura musical e cultural dos festejos juninos na cidade de Campina Grande. Há décadas que a “Princesa da Borborema” disputa com a pernambucana Caruaru o título de “maior São João do Mundo”.

            A disputa foi motivadora e transformou a competição como um incentivo para os prefeitos de cada uma se esforçasse para atrair mais turistas e também para animar os moradores a seguirem nossos costumes, que se tornaram conhecidos nacionalmente através de Luiz Lua Gonzaga, o Gonzagão, o eterno rei do Baião.

            Esse ano, infelizmente, o prefeito Romero Rodrigues teve a infeliz ideia de entregar a organização dos tradicionais e famosos festejos a uma empresa, inclusive fazendo a dotação de uma verba publicitária no valor de R$ 3 milhões.

            Esses empresários, que não têm qualquer compromisso com a cultura popular e visam apenas o lucro fácil, descaracterizaram os festejos. Contrataram grandes nomes no mundo artístico brasileiro, mas que não têm qualquer ligação com nossa tradição. Não sabem a diferença entre um forró, um xote ou uma marcha junina.

            Os empresários, demonstrando o total desconhecimento com a cultura da cidade, deixaram de fora das apresentações dois dos maiores artistas regionais paraibanos: Alcymar Monteiro e Biliu de Campina, que agregou ao seu nome o de sua cidade. É um desrespeito sem tamanho para com esses dois importantes artistas.

            Achamos que ainda há tempo do prefeito se recuperar da grande mancada que praticou e exigir dos “empresários” que tenham um pouco menos de ganância pelo dinheiro e convidem os dois cantores para se apresentarem no extraordinário “Pátio do Povo”.

Afinal de contas, as verbas públicas destinadas para eventos culturais e festivos devem ter o compromisso principal de manter e estimular as tradições e as culturas populares.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar