Arquivos do mês janeiro 2017

img-20170107-wa0018A Revista TOTAL, em parceria com o Blog Revista TOTAL, acertou cerca de 90 por cento de suas previsões feitas para as eleições municipais ocorridas no ano passado, em Pernambuco. O acerto é a continuação de uma tradição iniciada quando o ex-governador Eduardo Campos (PSB) candidatou-se ao Governo do Estado pela primeira em 2006.

Nas primeiras pesquisas de opinião pública, o seu nome apareceu com 3% da preferência do eleitorado. Com base em observações feitas em quase todos os municípios pernambucanos, a equipe montada pelo diretor-presidente da TOTAL, Marcelo Mesquita, percebeu que o então candidato tinha todas as chances de alcançar a vitória.

Ao contrário dos percentuais indicados nas pesquisas seguintes e nas observações de cientistas e analistas políticos, a TOTAL noticiou que Eduardo ganharia as eleições, o que terminou acontecendo.

A partir daí, a TOTAL passou a fazer levantamentos semelhantes e a fazer a divulgação daqueles trabalhos, obtendo impressionantes percentuais de acertos nos pleitos seguintes. As previsões passaram a ser aguardadas com ansiedade pelos candidatos e políticos de um modo geral.

Marcelo Mesquita explicou que a TOTAL não faz o trabalho realizado pelos institutos de pesquisa, que apontam os percentuais do momento em que é feita a pergunta ao eleitor. A TOTAL analisa os apoios que os candidatos recebem e têm chance de conseguir em seguida nos campos político, empresarial, comunitário e sindical. Com base nesses aspectos, apresenta os que consideram favoritos.

No último pleito, a Revista acertou todos os candidatos que iriam para a disputa no segundo turno, além dos vencedores nos mais importantes municípios do Estado como Petrolina, Vitória de Santo Antão, Goiana, Arcoverde, Garanhuns, Escada, Bezerros, Jaqueira, Serra Talhada e Sairé.

img-20170107-wa0019Quem precisa trafegar pela PE 45, estrada que liga as cidades de Vitória de Santo Antão e Escada, na Zona da Mata Sul, está sofrendo muito por conta dos diversos problemas na rodovia. São placas de cimento quebradas, escoamento esburacado e falta de sinalização em todos os 44,5 km da importante via de ligação entre os dois importantes municípios. Além disso, também estão tendo problemas para os motoristas por conta do deslizamento de barreiras e muitos animais, inclusive de grande porte como bois e cavalos, soltos em diversos trechos.
Os motoristas reclamam com insistência pois estão acontecendo muitos acidentes provocados pelos buracos, uma vez que são obrigados a fazer manobras perigosas para livrar das verdadeiras crateras. Eles dizem que não aguentam mais as despesas com as molas e suspensões, além de pneus estourados.
A estrada tem um movimento intenso de veículos pesados, como ônibus e caminhões, pois é uma importante ligação entre as BRs 232 e 101. Na região, estão localizadas diversas industrias que precisam transportar seus produtos e matérias primas, além de algumas usinas de açúcar e várias propriedades de produção agrícola, principalmente cana.
Os moradores das margens da estrada estão apavorados com os constantes acidentes, uma vez que muitos veículos saem da via e caem em barrancos, destruindo as cercas e até as próprias residências.
Os motoristas que precisam trafegar pela estrada e os moradores das imediações fazem um apelo ao governador Paulo Câmara para que sejam tomadas providências urgentes para o asfaltamento da PE 45.

img-20170107-wa0018A REVISTA TOTAL vai completar no próximo dia 10 de março, 13 anos de publicações ininterruptas com uma grande festa. O encontro será realizado no Hotel Canariu,s, em Gravatá, que é um dos mais modernos e completos do País, com uma enorme estrutura de funcionamento. O governador Paulo Câmara, o senador Armando Monteiro, prefeitos, parlamentares e empresários já confirmaram presença no evento.
O diretor-presidente da TOTAL, Marcelo Mesquita, afirmou que a data será comemorada como deve ser por conta da importância. “Chegarmos a 13 anos de publicações ininterruptas é uma grande vitória e deve ser muito comemorada. A TOTAL se tornou na mais importante revista da região com grande reconhecimento dos principais setores da sociedade, o que nos deixa muito satisfeitos”.
Durante a festa, serão prestadas homenagens aos políticos e empresários que, desde o início, acreditaram no projeto e deram apoio à iniciativa. “Quando tivemos a ideia de lançarmos a revista recebemos apoio de muita gente que acreditou em nosso projeto e nos apoiou, confiando que iríamos concretizar nosso projeto. Foram treze anos de muita luta para podermos defender os interesses dos Municípios pernambucanos”, concluiu Marcelo Mesquita.

img-20170107-wa0017O prefeito Aglaíson Junior (PSB) começou a administrar a Prefeitura de Vitória de Santo Antão, demonstrando que vai provocar uma verdadeira revolução com dinamismo, competência e muitas inovações. Com vasta experiência política, Aglaílson montou uma equipe competente e com muita vontade de resolver os graves problemas da cidade nas áreas de Saúde, Educação, Infraestrutura e na Assistência Social.
Na primeira semana de trabalho, ele já mostrou que a população tinha razão ao elegê-lo com uma ampla maioria. “Sei que a responsabilidade é muito grande, porque a situação financeira do Município é grave, mas vamos trabalhar com afinco para resolver os problemas. Contamos com o apoio do governador Paulo Câmara para implementarmos todos os projetos que temos em mente e que prometemos durante a campanha”, afirmou Aglaílson, em entrevista exclusiva ao Blog REVISTA TOTAL.
Ele já iniciou um levantamento sobre a estrutura de funcionamento da Prefeitura, procurando saber todos os problemas nos diversos setores. Vai procurar ocupar os cargos estratégicos com pessoas competentes e comprometidas, para que a gestão funcione de forma rápida e eficiente. “As carências, tanto na cidade quanto na área rural, são muito grandes e precisamos agir com rapidez em todos os setores”, afirmou.
CARNAVAL – O Carnaval de Vitória de Santo Antão tem muita tradição e é considerado como um dos mais animados e tradicionais do Estado, sendo reconhecido em todo o País, por conta de sua beleza e características. Nos últimos anos, por conta de falta de interesse do Poder Público Municipal, a folia vem caindo e perdendo muitos turistas, além de não agradar aos foliões vitorienses.
Verificando que a Prefeitura não tem condições financeiras de realizar uma grande festa, Aglaílson Junior já tem muita ideias para fazer com que a festa volte a ser muito grande. Vai procurar os empresários da cidade com o objetivo de conseguir os recursos necessários para dar condições às agremiações carnavalescas de realizarem grandes desfiles. Serão conclamados a colaborarem empresas como a Pitú, Sadia e outras.
Ele adiantou que vai reunir-se com os dirigentes das agremiações para fazer um levantamento das carências e também saber o que a Prefeitura pode fazer para dar condições aos clubes e blocos.

Fechar