Arquivos do mês janeiro 2017

Pescoço de texto, geração da cabeça baixa ou pescoço tecnológico…já ouviu falar?! O problema vem se tornando cada vez mais comum e preocupante em todo o mundo; entre jovens e adultos. E o negócio é sério: a Organização Mundial de Saúde já considera a síndrome epidêmica.

Você já parou para prestar atenção como a gente inclina a cabeça para frente quando está usando o celular? Na rua, existe uma legião de cabeças baixas. E é toda hora! Pesquisas recentes indicar que, atualmente, as pessoas consultam seus dispositivos móveis até 150 vezes por dia – o que consumiria quatro horas do dia assim: com o pescoço torto para baixo. Quatro horas por dia? Faça as contas, são 120 horas por mês…mais de 1400 horas por ano de estresse contínuo sobre a coluna.

O número de queixas em todo o mundo é cada vez maior; por isso, ortopedistas, fisioterapeutas e outros profissionais de saúde têm alertado sobre o problema de postura causado por esse uso excessivo do smartphone.

A má postura pode levar a um desgaste da coluna vertebral, sobrecarregando as vértebras cervicais. Mais do que isso, a tensão muscular pode causar a compressão de nervos e até hérnias de disco. O primeiro sintoma é sempre a dor; na região superior das costas e no pescoço. Em crianças e jovens ainda em fase de desenvolvimento ósseo, a postura errada do pescoço pode comprometer até o crescimento…

Um estudo do Centro Médico de Cirurgia Espinhal e Reabilitação de Nova York mostrou que a postura ideal é definida pelo alinhamento das orelhas com os ombros. Mas ao usar o celular com a cabeça baixa, a maioria das pessoas ainda projeta os ombros para frente. Se a gente levar em conta que a cabeça de um adulto pesa entre cinco e oito quilos, à medida que a cabeça dobra para frente e para baixo, a pressão sobre a coluna cervical aumenta. Segundo esse mesmo estudo do instituto americano, se o ângulo de curvatura do pescoço ficar em 15 graus, por exemplo, a carga sobre a coluna será de aproximadamente 12 quilos. Aos 60 graus de inclinação, o peso já chega a quase 30 quilos!

Algumas dicas podem garantir uma postura um pouquinho melhor e menos agressiva para o seu pescoço como, por exemplo, olhar para baixo apenas com os olhos, sem dobrar tanto o pescoço; controlar o tempo de uso do celular também é uma boa.

Com 16 anos de idade, o Vitor confessa que passa praticamente o dia inteiro entre o computador e o smartphone. Ele não liga muito para a posição do pescoço; pelo menos ainda. Apesar de nunca ter sentido dor, por histórico familiar de sucessivos problemas na coluna, ele já se previne e faz sessões de fisioterapia todas as semanas para acertar a postura.

Se você se preocupa com seu pescoço e sua postura, exercícios de alongamento podem ser úteis. É fácil, basta movimentar a cabeça para cima e para baixo e da esquerda para a direita – repita o movimento pelo menos 10 vezes seguidas. Tente encostar o queixo no tórax para alongar. Agora se você já estiver com qualquer sinal de pescoço tecnológico, procure o quanto antes um profissional.

download (11)O prefeito de Vitória de Santo Antão, Aglaílson Junior (PSB), vem tomando uma série de medidas a frente da Prefeitura Municipal, as quais vem recebendo muitos elogios por parte da população e também por parte de diversos personalidades políticas, entre elas, o governador Paulo Câmara (PSB), que o considera uma revelação e já acredita que ele será um dos melhores gestores públicos municipais.
Ao receber a Prefeitura, Aglaílson deparou-se com uma série de irregularidades e com uma imensa relação de contas para pagar, inclusive a funcionários e fornecedores, sem que a Municipalidade dispusesse de recursos suficientes.
As primeiras medidas do prefeito foi verificar onde poderia cortar, tendo de início diminuído o número de cargos comissionados, o que aliviou a folha de pagamento. O problema nesse ponto é crítico, pois os servidores ainda não receberam o mês de dezembro e empresas terceirazadas devem até três meses por falta de repasse da Prefeitura.
Ao verificar os contratos de aluguéis de imóveis, o gestor percebeu que existiam muitas casas alugadas sem necessidade. Sendo assim, transferiu as repartições para prédios próprios da Prefeitura e rescindiu os contratos com as consideradas desnecessárias.
O prefeito disse ao Blog Revista TOTAL que tem se esforçado muito para encontrar as soluções para os inúmeros problemas da Prefeitura, em todas as áreas, principalmente na Saúde e Educação. Também já determinou intensificação dos serviços de limpeza urbana e a elaboração de um programa para recuperar o carnaval de Vitória de Santo Antão, que já foi considerado o melhor de Pernambuco. “Precisamos do apoio dos foliões e dos empresários para fazermos um grande carnaval, com muito brilho e alegria”, resumiu o pefeito.

Por Márcio Maia

Os mais importantes fatos da História de Pernambuco estão comemorados com uma exposição de quadros no Recife Antigo. Trata-se da Independência de Pernambuco que, durante 74 dias, foi um País livre e republicano com Constituição própria, Senado e um embaixador nos Estados Unidos. Foi a primeira manifestação contrária ao Império de Dom Pedro I e a favor da Proclamação da República, acabando com o absolutismo monárquico.
Para acabar com a ousadia dos pernambucanos, o imperador reuniu as tropas do sudeste e juntou-as com as da Bahia para invadir o território independente. Com uma força desproporcional, as forças imperiais invadiram o País de Pernambuco e promoveram grande destruição, matando os principais líderes do movimento: Cruz Cabugá, Vigário Tenório e Leão Coroado, ocasionando ainda morte do Padre Ribeiro Pessoa, que preferiu o suicídio na prisão a ser morto em praça pública como os demais.
Além dessas ações, o imperador tomou de Pernambuco uma extensa área de terra, onde hoje estão as cidades do Sertão próximas da fronteira com a Paraíba e o Ceará e as áreas às margens do Rio São Francisco até as proximidades com Minas Gerais.
Por conta dessa decisão, Dom Pedro I tornou-se “persona non grata” a Pernambuco. Quando o imperador morreu em Portugal, houve uma solicitação para uma parada estratégica no Recife. A população revoltou-se e não permitiu que as autoridades do Porto do Recife autorizassem a atracação do navio em que o corpo de Dom Pedro I estava sendo transportado para ser sepultado.
MOSTRA DE PINTURAS – A mostra de pinturas que está sendo chamada de “17 por 12″, acontece na Arte Plural Galeria, na Rua da Moeda, no Recife Antigo, onde estão doze pinturas. O curador Raul Córdola disse que os quadros mostram diversos momentos da Revolução da República de Pernambuco, como a eleição do Governo, a benção da Bandeira de Pernambuco e ainda o que seria o fuzilamento do Padre Roma. Entre os pintores estão Renato Valle e o holandês radicado em Pernambuco Roberto Ploeg.

paulo-camara-pernambuco_rep_facebook_1280x720

O governador Paulo Câmara (PSB) deu uma grande demonstração de  força e maturidade política na tarde de ontem, no Palácio do Campo das Princesas, durante a posse de três novos secretários, entre eles o vice-governador Raul Henry (PMDB), que assumiu a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Centenas de políticos e líderes empresariais estiveram presentes, prestigiando a solenidade que foi rápida e simples.
Câmara explicou que as mudanças não tiveram conotação de mudança e que os novos empossados irão dar continuidade ao que os antecessores tinham planejado e estavam realizando. “Queremos que todos mantenham-se trabalhando com empenho e muita vontade de atender aos anseios do povo pernambucano, pois vivemos um momento grave em todos os setores, inclusive convivendo com cinco anos de seca em nosso Estado”.
Além do governador, o único ao falar no evento foi Raul Henry foi garantiu que vai continuar com a mesma disposição, embora ele e o governador houvessem acordado que ficaria responsável pelas questões institucionais do Governo do Estado. “Não tenho como me negar a atender um pedido de Paulo Câmara que tem se mostrado um gestor de enorme eficiência e coerência com os seus princípios. Sou testemunha de seu compromisso de resolver os graves problemas do Estado”.
Muitas personalidades de diversas linhas políticas, como os ex-governadores Roberto Magalhães e Jarbas Vasconcelos, deputados federais e estaduais. A força que o PMDB ganhou no Governo com a posse foi reconhecida pela maioria, mas todos enfatizaram que os empossados têm capacidade para gerir as pastas para onde foram indicados.
O arquiteto Marcos Baptista vai ocupar a presidência do Complexo Industrial e Portuário de Suape, deixando a Secretaria de Habitação. Baptista é ligado a Raul Henry e Jarbas e
vai com força total comandar um dos mais importantes setores do Governo, tendo a possibilidade de montar uma grande equipe de peemedebistas.

Bruno Lisboa, que trabalhou nos Governos de Carlos Wilson e Jarbas Vasconcelos, saiu de Suape e foi para a Companhia Estadual de Habitação (Cehab). também é ligado politicamente a Raul Henry e é considerado um gestor com boas relações entre os partidos da Frente Popular.

O advogado Roberto Franca com forte atuação na área de defesa dos Direitos Humanos estava dirigindo a Fundação de Atendimento Sócio-educativo (Funase) e assumiu a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude.

Os deputados Waldemar Borges e Isaltino Nascimento estiveram presentes à solenidade. Borges reiterou que estava satisfeito com o trabalho que realizou como líder do Governo durante os últimos seis anos, quando conseguiu aprovar a absoluta maioria dos projetos de interesse dos  governadores Eduardo Campos, João Lyra Neto e Câmara. Já Isaltino também mostrou-se satisfeito com a indicação e prometeu trabalhar para manter o mesmo nível alcançado por seu antecessor.

ministroMorreu nesta quinta-feira (19), aos 68 anos de idade, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki após a queda de uma aeronave em Paraty, litoral do Rio de Janeiro. A informação da morte foi confirmada pelo seu filho Francisco Zavascki.

“Caros amigos, acabamos de receber a confirmação de que o pai faleceu! Muito obrigado a todos pela força!”, postou Francisco no Facebook.

Teori era o relator da Operação Lava Jato no Supremo. Francisco Zavascki disse, por telefone, que o pai estava indo a Paraty em viagem de férias.

Segundo o STF, o presidente Michel Temer e a ministra Cármen Lúcia, presidente da Corte, já foram informados do acidente, mas ainda não se pronunciaram sobre a morte do ministro.

Segundo o vice-líder do governo no Senado, José Medeiros (PSD-MT), que estava ao lado do presidente Michel Temer quando ele foi informado sobre o acidente, a reação do peemedebista foi “de consternação” ao ouvir que o ministro do Supremo estaria na lista de passageiros.

“Ele disse apenas um ‘meu Deus’ quando ouviu e já pediu, em seguida, que o comando da Aeronáutica tomasse pé da situação. Ficou consternado, mudou mesmo o semblante porque ficou muito impactado com a notícia –além de Teori ser muito respeitado no meio jurídico, o próprio Temer o conhecia desse meio”, disse Medeiros.

O que se sabe sobre o acidente

Os Bombeiros disseram que chovia muito no local do acidente e que tinham conseguido visualizar três vítimas presas no avião, que se encontrava submerso, sem identificá-las.

Segundo a assessoria de imprensa da FAB (Força Aérea Brasileira), o avião de modelo Beechcraft C90GT, prefixo PR-SOM, saiu do aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, às 13h (horário de Brasília). De acordo com funcionários do aeroporto de Paraty, a aeronave caiu no mar por volta das 13h30, momento em que chovia na região.

Nem a FAB nem os Bombeiros informaram sobre quantas pessoas estavam a bordo e sobre o estado de saúde das mesmas.

Segundo informações disponíveis no site da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o Beechcraft C90GT tem capacidade para sete passageiros, além do piloto. É um avião bimotor turboélice fabricado pela Hawker Beechcraft. A aeronave PR-SOM está registrada em nome da Emiliano Empreendimentos e Participações Hoteleiras Limitada.

De acordo com a FAB, uma equipe do Seripa-3 (Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) está a caminho de Paraty para iniciar a investigação sobre o acidente.

Segundo a Marinha, 50 militares e três embarcações estavam envolvidos nas buscas, além da equipe do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro e de barcos pesqueiros.

Lava Jato

Teori Zavascki tinha 68 anos de idade. Nascido em Faxinal dos Guedes, em Santa Catarina, ele se formou em Direito pela UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) em 1972. Teori foi ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) entre 2003 e 2012. Em novembro de 2012, ele tomou posse como ministro do STF após a indicação da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Teori era o relator da Lava Jato no Supremo e estava prevista para fevereiro a homologação dos acordos de delação da Odebrecht.

Investigadores da Lava Jato trabalhavam com a previsão de que todo o conteúdo das 77 delações da empreiteira Odebrecht, considerada a maior delação do esquema, seja tornado público na primeira quinzena de fevereiro. A expectativa de investigadores era de que o ministro retirasse o sigilo dos cerca de 900 depoimentos tão logo as delações sejam homologadas. Isso estava previsto para ocorrer após o fim do recesso do Judiciário, nos primeiros dias de fevereiro.

indexFruto de um entendimento amadurecido ao longo dos últimos meses junto ao governador Paulo Câmara, deixo a Liderança do Governo na Assembleia Legislativa de Pernambuco a partir desta legislatura.  Há seis anos no cargo, acredito ser saudável que haja um rodízio nessa função que tanto me orgulho de ter desempenhado. A oportunidade de liderar na Assembleia o projeto político iniciado em Pernambuco por Eduardo Campos, e hoje comandado por Paulo Câmara, foi verdadeiramente um privilégio que a história me reservou.

Agradeço inicialmente aos governadores que me confiaram essa missão. A Eduardo Campos, a João Lyra e a Paulo Câmara. Nenhum desses jamais me recomendou nada além de empenho para servir, com o melhor dos meus esforços, a Pernambuco. Agradeço às equipes governamentais com as quais interagi nesses últimos seis anos. Agradeço à Bancada do Governo na Casa, cuja coesão, respaldada pela qualidade dos projetos elaborados pelo Executivo, garantiu a aprovação de todos as mensagens enviadas à Casa ao longo desse período. Faço uma referência à Bancada da Oposição, com a qual sempre estabeleci uma via de mão dupla assentada no respeito recíproco, e cuja intervenção nos debates muitas vezes ajudou a aperfeiçoar propostas governamentais.

 Coloco-me, como sempre, na condição de militante da Frente Popular de Pernambuco, à disposição para desempenhar qualquer missão que, estando ao meu alcance, venha contribuir com a consolidação e o avanço do projeto político que mais fez por Pernambuco, sobretudo pelo segmento da população historicamente menos assistidos pelo Poder Público. Por fim, dou as boas-vindas aos novos colegas que chegam ou retornam à Assembleia. Suas presenças, certamente darão ainda mais ânimo para que consigamos seguir ajudando o nosso Estado a atravessar, sob a liderança do governador Paulo Câmara, esse grave momento que atravessa o País.

Waldemar Borges
Deputado Estadual

imagesO governador Paulo Câmara (PSB) promoveu uma pequena modificação em seu secretariado e também na liderança do Governo na Assembléia Legislativa, trocando Waldemar Borges por Isaltino Nascimento. Borges estava como líder há nada menos de seis anos, tendo iniciado com Eduardo Campos (PSB), passado por João Lyra Filho (PSDB) e Câmara.

A mudança mais inesperada foi a indicação do vice-governador Raul Henry (PMDB) para dirigir a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Muito ligado ao deputado federal Jarbas Vasconcelos, Raul tem livre trânsito em todos os setores do Estado e seu nome foi bastante elogiado.

Outra mudança que deu muita força ao PMDB foi a nomeação do arquiteto Marcos Baptista para a presidência do Complexo Industrial e Portuário de Suape, deixando a Secretaria de Habitação. Baptista vai comandar um dos mais importantes setores do Governo e terá a possibilidade de montar uma grande equipe de peemedebistas.

Bruno Lisboa, que trabalhou nos Governos de Carlos Wilson e Jarbas Vasconcelos, saiu de Suape indo para a Companhia Estadual de Habitação (Cehab). É ligado politicamente a Raul Henry e é considerado um gestor com boas relações entre os partidos da Frente Popular.

O advogado Roberto Franca com forte atuação na área de defesa dos Direitos Humanos estava dirigindo a Fundação de Atendimento Sócio-educativo (Funase) e foi designado para assumir a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude.

Ao sair do cargo, o deputado Waldemar Borges disse que estava satisfeito com o trabalho realizado durante os últimos seus anos, quando conseguiu aprovar a absoluta maioria dos projetos de interesse dos três governadores a quem serviu como líder na ALEPE. Já Isaltino também mostrou-se satisfeito com a indicação e prometeu trabalhar para manter o mesmo nível alcançado por seu antecessor.

A posse dos novos secretários acontecerá nessa quinta-feira, no Salão das Bandeiras, no Palácio do Campo das Princesas, em solenidade a ser presidida pelo governado Paulo Câmara.

indexO Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco anunciou que será rigorosa a fiscalização nos trios elétricos, camarotes, palcos e barracas instalados durante as festas pré-carnavalescas e nos dias de Carnaval, na Capital e nas principais cidades onde os festejos são intensos, como Vitória de Santo Antão, Bezerros, Triunfo e Pesqueira.

Os empresários de trios e camarotes têm até a próxima quinta-feira (26) para darem entrada na documentação do Atestado de Regularidade Técnica (ART) para liberação do Atestado de Regularidade (AR). Os bombeiros querem adiantar o serviço de fiscalização e por isso, vai vistoriar os veículos para comprovação de que estão de acordo com o que estabelece a legislação.

O major Erick Aprígio, responsável pela fiscalização, reuniu-se hoje (18) com os empresários do setor, inclusive o presidente da Associação de Trios Elétricos de Pernambuco, Fred Leite, que aplaudiu a determinação dos bombeiros, adiantando que a vistoria prévia é bom pra todo mundo.

O oficial ressaltou que a fiscalização na capacidade de ocupação dos trios e dos carros de apoio será rigorosa. “Não vamos permitir que os caminhões circulem com o número de foliões além da capacidade real, pois este é um problema muito sério e pode causar graves acidentes. Nosso pessoal ficará em pontos estratégicos dos percursos das agremiações carnavalescas e os excessos serão combatidos, inclusive com o apoio da Polícia Militar”, enfatizou o major Aprígio.

O coronel Francisco Arruda também participou da reunião e solicitou dos empresários e dos dirigentes das grandes agremiações que entendam o por quê da proibição, pois o objetivo do Corpo de Bombeiros é fazer com que os foliões pernambucanos e os milhares de turistas do Brasil e do Exterior brinquem um carnaval com toda segurança.

Por Márcio Maia

prestaçãoOs prefeitos eleitos e reeleitos têm até o próximo dia 30 de março para entregarem ao Ministério Público de Contas as prestações de contas das Prefeituras sob pena de serem considerados cúmplices dos seus antecessores, caso seja detectada alguma irregularidade na documentação.

O anúncio foi feito pelo procurador geral do MP de Contas, Cristiano Pimentel, que anunciou que nos últimos anos, cerca de 25 por cento da documentação encaminhada pelos prefeitos apresentam problemas ou irregularidades. Nos documentos, devem constar também informações sobre o processo de transição. Após a lei promulgada pelo ex-governador Eduardo Campos (PSB), os prefeitos estão obrigados a nomear comissões para entrega dos documentos exigidos pelos substitutos.

Para o presidente do Tribunal de Contas, Carlos Porto, a obrigatoriedade da Comissão de Transição em todos os municípios pernambucanos foi uma decisão pioneira e importante, pois os novos gestores, principalmente quando são oposicionistas, tinham muita dificuldade para conhecimento da situação financeira, de pessoal e equipamentos das Prefeituras.

As primeiras informações indicam que pelo menos, 80 das 184 Prefeituras Municipais não estão com sua contabilidade regular, devendo ao funcionalismo o 13º salário e, pelo menos, o mês de dezembro, além de ter débitos com fornecedores. Muitas também têm problemas de débitos com as entidades de Previdência dos servidores municipais.

Muitos prefeitos já anunciaram que diminuíram o número de secretarias municipais e a demissão de centenas de comissionados, mas essas providências não têm sido suficientes para regularizar as contas públicas.

O Ministério Público e o Tribunal de Contas estão prometendo rigor absoluto para que os gestores municipais, os novos e os reeleitos, cumpram com o que determina a legislação. Carlos Porto resumiu o que os prefeitos devem fazer: Não podem gastar mais do que arrecadam.

 

xadrezPode parecer que ainda esteja muito longe, mas quem acompanha o movimento político em nosso Estado, sabe que as principais lideranças do Estado já estão se preparando para o próximo pleito em outubro de 2018.

Um dos políticos que precisa ter muito cuidado e jogo de cintura para conseguir estruturar o seu grupo para conseguir mais uma grande vitória é o governador Paulo Câmara (PSB). Ele e o senador Armando Monteiro Neto (PTB) são as duas grandes forças em Pernambuco e que devem estar frente à frente nas próximas eleições. O socialista querendo a reeleição e o petebista desejando gerir o Estado depois de oito anos no Senado Federal e como ministro de Estado.

O principal ponto das análises para o próximo pleito será a ausência do ex-governador Eduardo Campos (PSB) que conseguiu com extrema habilidade monopolizar as diversas linhas políticas, levando-as para a Frente Popular de Pernambuco. Com sua força eleitoral, Eduardo elegeu duas pessoas sem qualquer vida eleitoral, embora o acompanhassem em campanhas anteriores: o prefeito Geraldo Julio e o governador Paulo Câmara, ambos do PSB e funcionários de carreira do Estado.

Como forças intermediárias, os quais serão fundamentais para determinar para que lado o pêndulo das urnas irá pender, estão os atuais ministros da Educação, Mendonça Filho (DEM), e das Cidades, Bruno Araújo (PSDB). Acredita-se que os dois já firmaram um pacto de manterem-se unidos em 2018 por entenderem que serão os verdadeiros fiéis da balança.

Embora não tenham declarado, ambos estão trabalhando nos bastidores para se tornarem candidatos ao Senado com amplas possibilidades de vitória. A formação da coligação será fundamental para determinar quem o eleitorado pernambucano irá eleger.

O governador Paulo Câmara vem tendo uma gestão considerada boa pela maioria da população, no entanto nos últimos meses, tem se deparado com um problema muito sério, que é a Segurança Pública. O aumento dos índices de criminalidade registrado desde o ano passado, transformou o Pacto pela vida, implantado por Eduardo Campos, em um verdadeiro fracasso.

Tudo isso aliado a uma verdadeira “queda de braço” com os dirigentes das associações dos policiais militares que vêm tendo o apoio logístico de setores do PT, os quais não assimilaram a votação dos socialistas pelo afastamento da ex-presidenta Dilma Rousseff. Os petistas consideram-se traídos por conta de todo o apoio que o ex-presidente Lula deu ao governo de Eduardo Campos.

Fechar