Mário-Cavalcanti-Foto-Ednaldo-Lourenço-DivulgaçãoO nome do coronel Mário Cavalcanti (PSB) vem sendo relacionado como um dos prováveis deputados estaduais eleitos no próximo pleito, com o apoio de diversas lideranças importantes, inclusive o governador Paulo Câmara (PSB). O excelente trabalho que realizou como interventor na Prefeitura Municipal de Gravatá no ano passado, o deixou com um enorme cacife eleitoral.
Naquela cidade, o nome de Mário vem sendo comentado por lideranças políticas, comerciais e principalmente, comunitárias, que esperam que ele se candidate. Muitos desses líderes já imaginavam que ele se candidatasse a prefeito do município por entenderem que seria importante dar continuidade ao trabalho iniciado.
As pesquisas de opinião pública apontam um alto percentual de aprovação para a gestão de Mário por conta da verdadeira limpeza que fez na Municipalidade. Em algumas dessas pesquisa, seu percentual de aprovação chegou a 80 por cento. Segundo os partidários de sua candidatura, ele teria fácil vitória caso entrasse na disputa.
Mário no entanto, preferiu concluiu o trabalho determinado pelo governador Paulo Câmara quando o indicou como interventor após a determinação da saída do ex-prefeito Bruno Martiniano, apontado como autor de vários desmandos administrativos.
Ao deixar o cargo, Mário Cavalcanti fez uma longa prestação de contas, apontando o equilíbrio das contas públicas como seu grande feito e também relacionou várias obras estruturadoras e nas áreas da Educação e da Saúde executadas.
Indagado pela Imprensa, por que não aceitou ser candidato, ele disse que preferiu cumprir a ordem dada por Paulo Câmara. Se aceitasse a indicação, teria que abandonar a Prefeitura. “Tenho certeza que tomei a medida correta e embora, tenha sido chamado por muita gente, preferi cumprir a ordem recebida”, afirmou Mário Cavalcanti à época.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar