O ano de 2016 não podownload-58deria ter sido melhor para o Ministro das Cidades Bruno Araújo (PSDB). Ele foi o deputado que deu voto o último voto necessário para a aprovação da abertura do processo de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff. Depois foi convidado pelo presidente Michel Temer para gerenciar um dos mais importantes ministérios, que além de um enorme volume de entregas, discute diretamente com prefeitos e governadores de todo o Brasil. Para completar, conseguiu vitórias em municípios importantes, como Jaboatão dos Guararapes e Caruaru e desponta como uma liderança estadual.

Bruno está no centro dos principais debates políticos em Pernambuco e é apontado como provável candidato majoritário em 2018, seja ao governo ou ao Senado. Inteligente, bem articulado e experiente no ambiente político, Bruno soube apaziguar os tucanos de Pernambuco, que ficaram órfãos após a morte de Sergio Guerra, em 2014. Naquela oportunidade havia vários grupos dentro da legenda e o risco era uma briga pelo poder que poderia deixar muitas feridas abertas. Bruno mostrou paciência e poder de convencimento  para reunir os tucanos e disputar as eleições em 2014.

Ao retornar a Câmara, foi um dos principais nomes do partido na luta pelo impeachment. Mesmo depois de ser empossado ministro viu o seu partido ser expulso do Governo do Estado e da Prefeitura do Recife por decisão do PSB, como retaliação às candidaturas de Daniel Coelho (PSDB) e Priscila Krause (DEM) à prefeitura. Imediatamente, ele e Mendonça Filho (DEM, ministro da Educação) trataram de unir forças e, mesmo sem encarnar uma oposição sistemática à gestão Paulo Câmara, eles agora protagonizam uma nova composição política no Estado. Cada vez mais forte e ocupando importantes espaços no tabuleiro do xadrez político, Bruno Araújo vai acumulando alianças e apoios, tornando-se um nome competitivo para disputar

Por Marcelo Mesquita

1 Comentário

  1. Tem fundamento essa leitura, não esquecendo que Geraldo Alkimi tem interesse no PSB para sair candidato ou buscar em PE um vice para presidente em sua chapa, podendo ser Paulo Camara!!!

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar