Pri FerrazA candidata a vereadora do Recife Priscila Ferraz (PRTB) prestigiou uma festa organizada pela Associação dos Funcionários Aposentados do Bandepe (ASFABE), na Madalena, Zona Oeste da capital pernambucana. Durante o evento, ela agradeceu o convite e o apoio recebido da associação e de pessoas que estiveram no local. “Agradeço à ASFABE por me receber de portas abertas e por acreditar no projeto que tenho para um novo Recife. Foi muito bom também contar com o suporte das pessoas que aqui estiveram”, afirmou.
Ela agradeceu ao presidente da Associação, Reginaldo Dias, que entendeu sua intenção de realizar um trabalho direcionado para melhoria das condições de vida dos aposentados e dos idosos de um modo geral. “Vou defender melhorais na rede pública de saúde, com atenção especial aos idosos, ampliação das atividades das Academia da Cidade, melhoria no sistema de transporte coletivo, cumprimento por parte dos bancos da lei dos 15 minutos nas filas e outros pontos defendidos pelas diversas de associações de aposentados existentes no Recife, como a ASFABE, que é muito atuante”, explicou Priscila.
O presidente Reginaldo Dias disse que é importante para a ASFABE ter o apoio de um representante na Câmara de Vereadores. “No regime democrático, o trabalho dos parlamentares é imprescindível e nossa Associação confia nas propostas apresentadas por Priscila Ferraz. É uma pessoa jovem e a política em nosso País precisa de uma profunda oxigenação”.
FESTA – O samba deu o tom da celebração, com a banda Tudo Nosso e os cantores Leno Galeria e Dinah Santos. Enfermeira, Priscila Ferraz tem como maior bandeira a defesa de uma saúde mais humanizada e acessível para os recifenses. Além da vasta experiência na sua área de formação, ela também foi gestora da Policlínica Lessa de Andrade entre 2013 e 2016.

Enquanto esteve à frente da conhecida unidade de saúde pública do Recife, Priscila conseguiu colocar em prática vários serviços, como uma Unidade de Apoio de Psiquiatria, o Núcleo de Desenvolvimento Infantil para Crianças com Microcefalia, um ambulatório para crianças e adolescentes vítimas de violência, além de tornar a Policlínica centro de referência para tratamento de HPV para homens e mulheres.
Os vários desafios enfrentados na saúde pública motivaram Priscila Ferraz a disputar uma das 39 vagas na vereança do Recife. A candidata também atenta para a necessidade de renovação nos espaços de poder. “O brasileiro está desacreditando em seus representantes pelo turbulento cenário político que o País vivencia. Com o recifense não é diferente. A sensação de improdutividade é grande no Poder Legislativo. A população não sente a participação de muitos vereadores”, avaliou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar