G1
Estudo da Secretaria de Aviação Civil ouviu 64.539 usuários em 2014.
Eles avaliaram os 15 maiores terminais do país, em nove categorias.

aeroO Aeroporto Internacional dos Guararapes/ Gilberto Freyre, do Recife, foi eleito o melhor do Brasil em uma pesquisa realizada pela Secretaria de Aviação Civil (SAC) ao longo de 2014. A SAC ouviu 64.539 usuários dos 15 maiores terminais aéreos do país para chegar a esta conclusão.

Na cerimônia da divulgação da pesquisa, o terminal de Pernambuco ganhou o título de Aeroporto + Brasil. Esta é a primeira vez que a classificação é concedida com base em uma pesquisa anual. Antes, a Secretaria de Aviação Civil só elegia os melhores terminais do país segundo os estudos trimestrais. Segundo a SAC, a mudança pretende estimular a melhoria da prestação de serviços aeroportuários.

A secretaria ainda informou que a pesquisa realizada em 2014 avaliou os aeroportos em nove categorias diferentes, pedindo para os usuários classificarem cada um desses itens dentro de uma escala de notas que vai de 1 a 5. Ao abrir a cerimônia, na quarta (8), o ministro da Aviação, Eliseu Padilha, comemorou o resultado geral do estudo. Segundo ele, oito dos 15 terminais avaliados receberam notas superiores a quatro.

O Aeroporto de Congonhas, localizado em São Paulo conquistou a melhor avaliação em quatro dos nove itens avaliados. Por isso, levou os títulos de check-in e raio-x mais eficientes, além de aeroporto mais cordial e mais confortável do país. Já o Aeroporto Internacional Afonso Pena, de Curitiba, foi eleito o terminal com mais facilidades aos passageiros.

O estudo realizado em 2014 ainda premiou outros três aeroportos brasileiros. O Santos Dumont, no Rio de Janeiro, teve a restituição de bagagem mais eficiente; e o Internacional Tancredo Neves, em Confins, Minas Gerais, o serviço público mais eficiente. Já o título de mais limpo do país foi para o Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, da cidade de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar