kNas próximas quinta (4) e sexta-feira (5), acontecerão as convenções partidárias em Caruaru, para definição dos candidatos a prefeito e vereadores. Todos partidos estão mobilizados e muitas conversações ainda irão acontecer para apontar o caminho de alguns partidos que ainda estão indecisos, esperando os entendimentos com os líderes das principais agremiações. Até agora, estão praticamente definidas as candidaturas do vice-prefeito Jorge Gomes (PSB), dos deputados estaduais Tony Gel (PMDB) e Raquel Lyra (PSDB), do empresário Rivaldo Soares (PHS) e do delegado de Polícia Civil Erick Lessa (PR).
Como deverá acontecer pela primeira vez o segundo turno na “Capital do Agreste”, as conversações estão ocorrendo a todo instante. Muitos líderes partidários estão discutindo com seus correligionários qual candidatura ir apoiar.
O governador Paulo Câmara (PSB) já decidiu que não irá participar das campanhas nos municípios onde os partidos integrantes da Frente Popular de Pernambuco estiverem disputando os votos. Na “Capital do Forró”, vão disputar nada menos de três partidos que o apoiam na Assembleia Legislativa.
Já está estabelecido que Jorge Gomes deverá ter o apoio do prefeito José Queiroz e do deputado federal Wolney Queiroz, ambos do PDT. Tony Gel será apoiado pelo deputado federal Jarbas Vasconcelos e Raquel Lyra terá o respaldo do pai, o ex-governador João Lyra. Recém lançado como candidato, o delegado Erick Lessa vai receber o apoio do suplente de senador Douglas Cintra (PTB), que decidiu romper com o líder de seu partido, o senador Armando Monteiro Neto. Por sua vez, o empresário Rivaldo Soares (PHS) tem o respaldo de vários comerciantes e industriais do município.
Também podem ser aprovados em suas convenções e saírem como candidatos, o advogado Adilson Lira (PT), o vereador Demóstenes Veras (PROS) e Milton Manoel (PCB)
VEREADORES – Devido a péssima imagem dos atuais vereadores perante o eleitorado devido as várias denúncias feitas nos últimos anos, inclusive com a prisão de alguns deles, a expectativa dos analistas é de que mais de 50 por cento dos parlamentares não sejam reeleitos. Inclusive, o Blog Revista TOTAL constatou que os números de votos em branco e nulos irão bater recordes.
Por conta dessa situação, muitos novatos estão com esperança de conseguirem uma vaga na Casa Jornalista José Carlos Florêncio. Ainda não estão definidas as coligações proporcionais, mas as estimativas é de que quase 400 candidatos estarão na disputa. Caso esse número seja confirmado, a disputa será de quase 20 candidatos para cada vaga.
Vamos esperar as definições e na próxima segunda-feira, faremos uma explanação mais aprofundadas sobre as possibilidades dos candidatos, das siglas e coligações.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar