sec

O prefeito de São Lourenço da Mata, Gino Albanez assinou, na manhã desta quarta-feira (14), o decreto lei, que reduz em 20% o seu próprio salário, o maior percentual de corte dentro da folha de pagamento do município; e também 10% do salário do seu secretariado e diretores. Segundo o gestor, as medidas estão sendo adotadas frente à crise financeira pela qual passa o país, somada a redução da receita da cidade, exigindo que uma ação emergencial.

Além das reduções salariais, o prefeito Gino Albanez autorizou cortes na locação de imóveis, aquisição de veículos, despesas de telefonia fixa e móvel, combustível, energia elétrica e água, dentre outras medidas para diminuir os gastos públicos.

O horário de funcionamento da prefeitura também será modificado em virtude dos cortes: os órgãos municipais irão funcionar das 8 às 13 horas, exceto os serviços considerados essenciais, como saúde e educação. Com essas ações, o prefeito de São Lourenço pretende economizar 800 mil reais entre outubro de 2015 a fevereiro de 2016.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Fechar